0
  Login
Huawei P30 Pro pode ser tão ou mais rápido do que o Mate 20 Pro

Huawei P30 Pro pode ser tão ou mais rápido do que o Mate 20 Pro

Já falta pouco para conhecermos oficialmente os novos Huawei P30 e P30 Pro. Ambos os smartphones serão apresentados na cidade das luzes a 26 de março de 2019 e já sabemos praticamente tudo o que trarão de novo. Entretanto, tem um novo indício do seu desempenho, mais concretamente, do Huawei P30 Pro na AnTuTu.

Antes de mais nada, estes testes de benchmark não nos dão uma correspondência direta entre a pontuação registada e o desempenho ou performance real do smartphone no dia a dia.

Indo ao encontro das várias fugas de informação recentes, o Huawei P30 Pro já guarda poucos segredos. Aliás, só alguém completamente desatento ou desfasado da realidade poderia afirmar o contrário. Assim sendo, já sabemos que a nova geração de smartphones Android terá o atual Kirin 980, o SoC topo de gama da Huawei.

O Kirin 980 e a geração Huawei P30

Com o intuito de elucidar o leitor, relembramos que o Kirin 980 é fabricado pela HiSilicon segundo o mais eficiente processo da atualidade. Isto é, temos aqui, por exemplo, a litografia de 7 nm nesta plataforma móvel apresentada em agosto de 2018. Além disso, temos também uma arquitetura de 64-bits.

Por conseguinte, ainda não existe um SoC construído com um processo e litografia mais eficiente. Aliás, o Snapdragon 855, atual flagship da Qualcomm, seguiria as suas passadas em dezembro último. Por fim, temos um total de 8 núcleos de processamento com uma frequência máxima de 2,6 Ghz.

Já, por outro lado, entendemos a tentação do leitor em pensar que este já é um “motor velho”. Afinal de contas, no mundo da tecnologia, 8 meses já parecem uma eternidade. Algo que é exacerbado pelo ritmo por vezes frenético de apresentações e lançamentos pelas mais diversas fabricantes de smartphones.

Em suma, o Kirin 980 continuará a ser o processador topo de gama da Huawei durante uma boa parte de 2019, aliás, caso a empresa mantenha o seu calendário, o seu sucessor só chegará durante a segunda metade do ano.

A AnTuTu e a pontuação do Huawei P30 Pro

Entretanto, vimos o portal GSMArena a listar os resultados do teste da AnTuTu do Huawei P30 Pro (VOG – L29). Aí, temos também a indicação do Kirin 980, o mesmo processador utilizado pelos atuais Huawei Mate 20 Pro e Mate 20 (este último não disponível inicialmente em Portugal). Contudo, grande parte das suas especificações serão as mesmas.

Assim, a pontuação atribuída pela AnTuTu ao novo modelo (Huawei P30 Pro), é superior à do modelo apresentado a 16 de outubro de 2018, o Mate 20. Mais concretamente, o P30 Pro terá atingido 286 152 pontos na classificação da AnTuTu. Por sua vez, o Mate 20 Pro alcançou os 307 059 pontos.

Contudo, é preciso cautela na interpretação destes resultados. Primeiramente pelo facto de o Huawei P20 Pro testado ser uma unidade de teste, um protótipo. Em seguida pelo recurso sistemático ao modo GPU Turbo para obter resultados de benchmarks inflacionados na versão final do dispositivo móvel.

O P30 Pro será o mais poderoso dos novos smartphones Huawei

Chegará juntamente com a versão standard, o P30 e as principais diferenças residirão nas suas capacidades fotográficas. Contudo, não se preocupe com o desempenho desta nova geração de dispositivos móveis, serão tão boa ou melhor do que a que já temos na geração Mate 20.

Numa última nota, os benchmarks como a AnTuTu servem como medida de comparação entre vários smartphones. Contudo, para o ser humano que os utiliza, uma diferença de 10 a 15 mil pontos dificilmente se tornará percetível na utilização diária. Cumpre ainda salientar que a AnTuTu avalia quatro parâmetros base.

Desde o SoC (plataforma móvel), a gráfica, a RAM e ROM (armazenamento), bem como o ecrã (resolução do mesmo). Assim, não há motivos para alarme, sendo a causa mais provável a utilização de uma unidade de teste, ou de software não otimizado, uma prática perfeitamente comum.

Agora, resta-nos aguardar pela sua apresentação oficial a 26 de março, em Paris.

SOS GUINCHOS

 

curtir:
Sobre o Autor