0
  Login
Governo da Venezuela obriga bancos a aceitarem criptomoeda Petro

Governo da Venezuela obriga bancos a aceitarem criptomoeda Petro

Enquanto o país luta para sair de uma grave crise política e econômica, o governo da Venezuela determinou que os bancos públicos e privados adotem a criptomoeda Petro como unidade conta, conforme pelo site da France24 nesta terça-feira (28).

Agora todas as informações financeiras deverão ser denominadas tanto no Bolívar Soberano como na Petro, criada pelo ditador no início do ano e adotada como moeda oficialda estatal petrolífera PDVSA desde 20 de agosto.

A medida, tomada pela Superintendência das Instituições do Setor Bancário da Venezuela (SUDEBAN), através da Circular SBI-II-GGR-GNP 14226, de 23 de agosto, é parte das tentativas desesperadas de Maduro para evitar cinco anos de recessão e a inflação que o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê atingir 1.000.000% neste ano — mais de 2 milhões de pessoas fugiram do país após a crise.

De acordo com as novas regras, os bancos deverão realizar ajustes em suas plataformas a fim de prover aos clientes as diferentes telas de consultas e instrumentos de cobrança, que deverão constar em bolívares soberano e petros, mostrou o site Escaracas.

A referida unidade de conta ‘petro’, cujo valor é de aproximadamente US$ 60, deve ser corrigida de acordo com o valor publicado diariamente pelo Banco Central da Venezuela.

A Petro foi anunciada pela primeira vez no início de dezembro de 2017 por Nicolás Maduro como uma forma de contornar as sanções dos EUA, em meio a uma crise econômica e hiperinflação da antiga moeda oficial, o Bolívar.

Na ocasião, Maduro disse que a criação da criptomoeda era para que o país avançasse em matéria de soberania monetária, realizasse transações financeiras e, assim, vencer o bloqueio americano.

Maduro ordenou, então, que as empresas estatais usassem a criptomoeda para compra e venda de produtos e serviços — elas deviam realizar uma porcentagem de suas vendas e compras em Petro.

Recentemente o governo mudou o Bolívar para o Bolívar Soberano, que agora é a moeda oficial venezuelana, e cortou cinco zeros na conversão. Maduro, em seu anúncio, disse que as alterações mudarão as finanças do país “de forma radical”.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Sobre o Autor