0
  Login
GOG Galaxy 2.0 quer unificar todos os jogos e jogadores. Não importa a plataforma

GOG Galaxy 2.0 quer unificar todos os jogos e jogadores. Não importa a plataforma

Seja nas diferentes plataformas de distribuição digital de jogos no PC ou nos consoles, a nova ferramenta da GOG quer unir todos num único lugar.

Nos últimos anos, com o surgimento de diferentes plataformas de distribuição digital, sejam lojas ou ferramentas das editoras, causaram a dispersão dos videojogos no PC, e com eles a divisão dos jogadores, dificultando a comunicação. Se o Steam é o mais conhecido, para aceder a certos títulos os jogadores necessitam utilizar a Epic Store, o Discord e o GOG, já para não falar dos “clients” das próprias editoras: o Origin da Electronic Arts, o UPlay da Ubisoft, a Battle.net da Blizzard ou a Bethesda, para referir apenas alguns. E claro, as consolas PS4, Xbox One e Nintendo Switch.

A pensar no problema causado pela dispersão, a CD Projekt, detentora da GOG (Good old Games) pretende voltar a unificar numa única plataforma os jogos e os jogadores, independentemente do local onde tenham adquirido os títulos. O GOG Galaxy 2.0 pretende combinar múltiplas livrarias de jogos numa única e ligar os respetivos utilizadores espalhados pelos diferentes serviços.

O novo sistema vai permitir ver o que os amigos estão a jogar, as suas conquistas ou o tempo que levam em determinado título. E não pretende apenas unificar os jogadores de PC, porque as consolas estão incluídas no novo sistema, permitindo falar diretamente com os mesmos. Para tal os jogadores terão de ligar o GOG 2 às restantes plataformas, para importação dos seus títulos numa única lista. Os utilizadores podem utilizar filtros, produzir listagens, indexar os seus títulos ou personalizar a ficha do seu jogo com backgrounds ou capas dos jogos alternativas.

Os utilizadores podem manter-se informados dos títulos que estão para serem lançados, ou descobrir aqueles que são mais populares entre os amigos ou comunidade gaming. A empresa revelou ainda que a sua tecnologia foi construída com a segurança e privacidade em mente, e por isso os dados nunca serão partilhados com terceiros. A própria empresa não terá acesso aos dados dos jogadores, nem irá “espiar” o computador do utilizador. E com apenas um clique, os utilizadores podem remover jogos importados ou amigos da sua lista.

   

O Tamagotchi está de volta (outra vez), agora em modo “on”

O Tamagotchi está de volta (outra vez), agora em modo “on”

Começou a contagem decrescente para o regresso da popular mascote eletrónica do final da década dos anos 1990. A nova versão chama-se Tamagotchi On e quer conquistar uma nova geração de pequenos cuidadores.

Aqui há alguns anos teve direito a um modelo comemorativo das suas duas décadas de existência e também chegou a ganhar vida numa app. Agora parece estar de regresso numa nova versão adaptada aos tempos modernos.

O novo Tamagotchi On vai ter ecrã (a cores) LCD de 2,25 polegadas, sensor infravermelhos e ligação por Bluetooth, o que lhe permitirá comunicar com outros Tamagotchi e também com o smartphone, através de uma app.

A nova versão vai custar 59,99 dólares e tem chegada marcada ao mercado norte-americano para 28 de julho. No site da Bandai há um relógio em contagem decrescente.

Apesar do ecrã a cores no lugar do a preto e branco e da possibilidade de ligação ao telemóvel, os objetivos continuam a ser os mesmos: cuidar e dar atenção ao animal de estimação virtual – mas agora com recursos “pagos” que antes não existiam, em troca de algumas horas de “pet sitting”, por exemplo…

   

5 dicas a ter em conta antes de comprar uma impressora 3D

5 dicas a ter em conta antes de comprar uma impressora 3D

O Projeto RepRap começou na Grã-Bretanha em 2005 como um projeto de pesquisa de código aberto e não comercial de impressão 3D, que despertou a atenção de muitos fabricantes à tecnologia. Dezenas de empresas começaram a aparecer com suas próprias versões de impressoras para o mercado consumidor e é por isso que agora se pode comprar uma impressora 3D de muito boa qualidade por valores que rodam 250€.

Mas o que esperar de uma impressora 3D. Temos conselhos para lhe dar antes de comprar a sua.

O segmento da impressão 3D dedicado ao consumidor está muito evoluído. Todos nós temos ao nosso alcance meios para, de forma simples, criar os nossos próprios objetos.

O resultado de uma impressão 3D é um objeto com volume. Esse volume resulta da modelagem feita antecipadamente através de software adequado. Para poder enviar um objeto para uma impressora 3D precisa de gerar o respetivo código, só que, neste momento, todas estas tarefas estão simplificadas.

A procura e a oferta de impressoras 3D está num ponto muito interessante e, por isso, se está a pensar comprar uma, deverá ter em consideração algumas questões. É sobre elas que vamos falar.

5 dicas a ter em conta antes de comprar uma impressora 3D

1 – É preciso saber modelar?

Claro que tudo tem a ver com o objeto que pretende realizar. Existem sites onde esses objetos já estão preparados para serem impressos, isto é, pelo menos o modelo já está desenhado. Resta, então, converte-lo para a impressora, por isso, a questão da modelagem é sempre relativa.

Se quer imprimir um objeto específico com medidas muito próprias terá de ter umas noções de modelagem e pôr as mãos na massa. No entanto, nalguns sites, como o Thingiverse, existem objetos que permitem a sua adaptação às medidas pretendidas. Com a variedade que lá existe é quase garantido que encontrará uma solução.

2 – Velocidade?

Nestas impressoras 3D de “baixo” custo um dos pontos que se pode considerar menos bom é de facto o tempo que demora a impressão. Apesar de parametrizável a qualidade do produto final, mesmo nas resoluções mais baixas, a impressão é um pouco demorada.

3 – Acabamento?

O acabamento final de uma peça impressa numa impressora 3D é muito dependente da resolução que lhe queira dar, mas aqui tem que ter em conta que, quanto mais ao pormenor quiser a peça, mais tempo irá demorar.

Devido à tecnologia usada ser uma impressão por camadas, precisas de ter alguns cuidados com algumas peças, de modo a obter um acabamento melhorado.

4 – Impressora montada ou em kit?

Se quer poupar trabalho, mas pagar um pouco mais, pode comprar uma impressora já montada. No entanto, pode estar dependente de alguns requisitos que essas impressoras 3D tem. Por exemplo, o uso específico de um determinado material de impressão.

As impressoras em Kit têm, neste momento, no mercado uma comunidade muito grande, onde facilmente poderá encontrar vídeos e explicação da sua montagem, pelo que não deverá ter muita dificuldade em todo o processo e, em regra, estas impressoras são muito mais universais em relação ao tipo de consumíveis que utilizam.

5 – É complicado?

Vai ficar surpreendido com a simplicidade que se consegue trabalhar com uma impressora 3D, apesar da explicação do processo parecer complicado. São tudo tarefas rápidas e simples.

Ao ter o seu modelo 3D, terá de o passar por um programa “fatiador” que irá gerar o código necessário para a impressora poder trabalhar. Naturalmente, terá de ir fazendo experiências para, aos poucos e poucos, ir conhecendo a sua impressora e quais os parâmetros que pode alterar para melhorar os seus trabalhos.

Resumindo…

Para terminar, deixo a ideia que uma impressora 3D é um objeto muito divertido, os resultados são surpreendentes. Existem até formas de rentabilizar os seus trabalhos, mas isso fica para um próximo artigo, fique atento!

   

Novos Lenovo ThinkPad trazem mais bateria e mais performance

Novos Lenovo ThinkPad trazem mais bateria e mais performance

São mais quatro horas de autonomia e performance até 18% superior, em comparação com os últimos modelos da gama.

A Lenovo anunciou a chegada de novos computadores à sua gama de ThinkPads. Os novos modelos trazem mais bateria e performance, mas mantêm a fasquia do peso abaixo dos 1,36 kg e uma estrutura fina que privilegia a portabilidade. Tanto o T495, como o T495s e o X395 chegam ao mercado com o processador móvel AMD Ryzen 7 Pro e a gráfica AMD Vega. Todos os displays são HD e contam com tecnologia Radeon FreeSync.

De acordo com a tecnológica chinesa, os consumidores podem esperar pelo menos mais quatro horas de autonomia por carregamento, e uma performance até 18% superior à dos anteriores modelos.

Tendo em conta as necessidades do segmento empresarial, para o qual foram concebidos, a empresa fez também questão de melhorar a performance da máquina em conferências VoIP. Isto foi conseguido com um pequeno mecanismo nativo para tapar a câmara e um pequeno nível lateral que permite fixar o computador em vários ângulos. O display pode ainda chegar aos 400 nits de brilho.

Twitter traz novidades animadas para as aplicações Android, iOs e Web

Twitter traz novidades animadas para as aplicações Android, iOs e Web

Com efeito imediato, os utilizadores da rede social Twitter vão poder adicionar imagens, vídeos, bem como GIFs aos seus retweets. As partilhas de uma publicação de outra conta ou perfil poderão agora ser mais personalizados. A empresa está a fazer chegar a novidade à aplicação para Android e iOS e à versão web.

Desse modo e se utiliza o Twitter, pode agora acrescentar um toque pessoal ao conteúdo que partilha.

É uma das funções mais utilizadas nesta rede social. Ao navegar pelo feed vemos algo que nos desperta a atenção, que nos interessa, diverte, ou simplesmente consideramos que tal merece ser divulgado. Nesse caso, terá que fazer um retweet ou uma partilha de conteúdo de outrem nesta plataforma.

O retweet na rede social Twitter

Contudo, tal como o próprio Twitter o classifica, o retweet era complemente impessoal. Desse modo, mais não era do que uma nova publicação tal e qual o autor original a havia concebido. Por outras palavras, faltava a componente pessoal nesta função da rede social norte-americana.

Ao mesmo tempo, os utilizadores foram pedindo esta mesma função há vários meses. Agora, a rede social deu a saber que a espera tinha acabado e fê-lo, claro, com um exemplo disso mesmo. Em seguida pode ver o retweet de um pedido, acompanhado já de um GIF, mas existindo também outras possibilidades.

Ainda que para o comum utilizador esta mudança possa parecer quase insignificante, de acordo com o Twitter a sua implementação foi deveras trabalhosa. Foi necessário conceber uma nova forma, lógica e que não sobrecarregasse o feed, na cronologia dos utilizadores.

Os desafios nesta atualização para Android, iOS e Web

Descobrimos que foi difícil para os utilizadores perceberem e inteirarem-se do conteúdo num retweet com imagens ou GIFs. Uma consequência do layout; dois grandes tweets colocados um sobre o outro, aponta um porta-voz do Twitter.

Ainda que o processo de desenvolvimento da função tenha tido a sua dose de desafios, a função está já a ser distribuída. Portanto, se tem um dispositivo Android, iOS, ou se prefere utilizar esta rede social através do seu computador, também já poderá usufruir das novidades, a chegarem aqui de forma gradual.

A rede social aponta ainda que várias das grandes empresas, criadores e estúdios já estão a tirar proveito desta função desde que foi lançada. Por fim, a empresa deu a saber que demorará um pouco mais até chegar, e funcionar corretamente, na versão para computador – vista Web.

                                    

 

4ª edição da E-Tech Portugal que visa promover a Transformação Digital

4ª edição da E-Tech Portugal que visa promover a Transformação Digital

O evento tecnológico terá como tema a “Transformação Digital” e dirige-se a público em geral, empresários, professores, investigadores e profissionais da área.

A 4ª edição do E-Tech Portugal vai decorrer nos dias 10 e 11 de maio em Setúbal (CAIS 3 – Zona Ribeirinha), tendo neste ano “Transformação Digital” como lema. O evento, inserido na área das Tecnologias de Informação, Comunicações e Electrónica, é dirigido ao público em geral, empresários, professores, investigadores e profissionais da área, e organizado pela EDUGEP – Escola de Programação, em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal , ANPRI (Associação Nacional de Professores de Informática), AISET (Associação Industrial da Península de Setúbal) e IPS – Instituto Politécnico de Setúbal, contando também com a Altice Portugal como master sponsor e com o SAPO como media partner.

A E-Tech vê a sua dimensão aumentada para esta 4ª edição. Terá mais expositores e maior diversidade de iniciativas a decorrer em simultâneo, permitindo atingir um público bastante diversificado. A E-Tech Portugal ’19 integra exposições, conferências, concursos, jogos, workshops e irá, por isso, atrair muitos milhares de visitantes.

Ao exemplo da edição anterior, irá realizar-se uma conferência durante os dois dias com o tema “Transformação Digital”. Neste espaço de partilha e debate, pretende-se trazer a Setúbal o que de bom se faz nestas áreas, debater a atualidade, discutir o futuro e preparar o caminho para as novas gerações.

Entre os oradores vão estar convidados como Alexandre Fonseca, Chief Executive Officer da Altice Portugal, João Palmeiro, Presidente da API – Associação Portuguesa de Imprensa ou José Vítor Pedroso, Diretor-Geral da Educação e expert na transformação digital na educação.

Esta será uma ação duplamente creditada para os professores no geral e específica para professores de informática. Para o público em geral a certificação será feita no âmbito da DGERT. Se desejar inscrever-se no evento ou saber mais informações, poderá fazê-lo no site oficial da E-Tech Portugal 2019.

SOS GUINCHOS

 

Jogos grátis no PS Plus para Maio

Jogos grátis no PS Plus para Maio

E eis que já foram revelados os jogos gratuitos para a Playstation deste mês de Maio, para os membros do serviço PS Plus.

Querem saber quais são os jogos? Então venham daí!

Jogos grátis no PS Plus para Maio

Depois de alguma ansiedade e de alguns dias de especulação eis que já existem novidades relativamente os jogos grátis disponíveis na PS Store para quem tem subscrições de PS Plus.

É este o alinhamento disponível para o mês de Maio para a Playstation 4:

Overcooked é um divertido e caótico “simulador” de cozinha, que pode ser jogado até 4 pessoas. Aqui, os jogadores e os seus colegas chefes de cozinha terão de preparar, cozinhar e servir deliciosos pedidos antes que os clientes saiam irritados. Para isso terão de afiar as facas e sacudir o pó dos seus uniformes de chefe, já que aqui não há margem para erros.

What Remains of Edith Finch é uma coleção de contos estranhos sobre a história amaldiçoada da família da jovem Edith Finch, que começa a desencadear-se algures no deslumbrante e inquietante Estado de Washington. Aqui, os jogadores terão de juntar-se a Edith numa aventura pela história da casa da família Finch, numa antologia de histórias jogáveis, e descobrir as circunstâncias macabras que envolvem os desaparecimentos que ocorrem em cada geração.

Para isso terão de ver as suas histórias únicas através dos olhos de Edith, interagir com o que a rodeia ao longo dos tempos e descobrir por que razão ela é a única sobrevivente da família Finch. De salientar que esta história evocativa e estranhamente deslumbrante de descoberta tem origem no estúdio Giant Sparrow, as mentes criativas por trás do popular título exclusivo da PlayStation, The Unfinished Swan.

As novidades para os membros do PlayStation Plus não ficam por aqui, já que a Sony anunciou ainda que, em maio, os subscritores do PlayStation Plus poderão ainda descarregar, sem custos adicionais, o título Timothy vs the Aliens, que venceu o Prêmio de Melhor Jogo Infantil na III Edição dos Prêmios PlayStation Talents em Espanha.

De realçar que Timothy vs the Aliens é uma aventura em plataformas num mundo aberto na qual um gangster terá de defender a sua cidade a preto e branco de uma invasão de alienígenas coloridos. O jogo decorre na Little Fish City, uma gigantesca cidade que os jogadores poderão explorar livremente até encontrarem os seus muitos segredos e missões. A cidade tem plataformas por todo o lado, e caminhar não será suficiente para atravessá-la. Para além disso, os jogadores poderão explorar toda a cidade em qualquer veículo que encontrarem no jogo.

Entretanto e relativamente a um dos jogos do momento da Playstation: Days Gone (esperem a nossa análise em breve), também foram divulgadas novidades.

Segundo a Sony Playstation, Days Gone vai receber novos conteúdos neste próximo Verão. Dessa forma estão previstos conteúdos adicionais gratuitos para o jogo, em Junho deste ano.

Esta atualização trará entre outras coisas, um novo modo: Sobrevivência. Este novo modo colocará à prova os jogadores, desafiando-os a terminarem a história num nível de dificuldade superior (aos 3 existentes atualmente). Entre as dificuldades que o modo Sobrevivência irá trazer, encontra-se a ausência de Fast Travel ou Survival Vision, e a remoção de todos os mapas e indicadores da interface durante o jogo.

Cada modificação foi pensada e desenvolvida com o objectivo de aumentar o nível de imersão e a tensão dos jogadores, de forma a criar a melhor experiência de sobrevivência possível.

Adicionalmente, todas as semanas, a partir de junho, será lançado um novo desafio relacionado ou com a mota do protagonista, com uma horda ou com o combate, para desafiar ainda mais os jogadores.

Todos estes jogos estarão disponíveis a partir do início do mês de Maio (de dia 7) e podem ser descarregados por todos aqueles que têm uma subscrição PS Plus válida.

O que acham destas ofertas? Quais os jogos que gostariam de ver disponibilizados nos próximos meses? Deixem-nos os vossos comentários!

Bons jogos!

SOS GUINCHOS

 

Games with Gold: os jogos gratuitos para a Xbox em maio de 2019

Games with Gold: os jogos gratuitos para a Xbox em maio de 2019

O quinto mês do ano chegou com quatro novos títulos para os membros Xbox Live Gold. Entramos agora em maio e com ele chegam novos jogos “Games with Gold” para os utilizadores das consolas da Microsoft, a família Xbox. O melhor de tudo? Temos já novidades que podem ser descarregadas hoje mesmo!

Em seguida encontrará os novos títulos aos quais os gamers poderão aceder gratuitamente ao longo do mês.

Estes estão (ou ficarão) disponíveis gratuitamente para os utilizadores da Live Gold. Neste momento, já poderás descarregar Marooners e Earth Defense Force: Insect Armageddon. Jogos que serão gratuitos até ao dia 31 e 15 do mês de maio, respetivamente. São boas notícias para os utilizadores da consola da Microsoft!

Os jogos “Games with Gold” para maio de 2019

Aliás, o segundo dos dois jogos, por sua vez, é compatível com a família de consolas Xbox One da Microsoft graças à retrocompatibilidade. Desse modo, os títulos ficam disponíveis para vários modelos de consolas, para que ninguém seja privado desta oportunidade.

Já em seguida temos o alinhamento de jogos “Games with Gold” para maio de 2019, bem como a respetiva duração de cada oferta. Para este mês são assim quatro títulos, variante entre os desportos até às aventuras para os mais novos com o “Marooners”.

Por outro lado, maio de 2019 permite ainda que os membros do serviço Live Gold possam jogar, entre os dias 16 desse mês e 15 de junho, The Golf Club 2 Featuring PGA Tour para a One.

A retrocompatibilidade nas consolas Xbox da Microsoft

Além disso, a partir do dia 16 de maio até ao dia 30 desse mês a possibilidade de instalar e jogar um clássico como é o caso de Comic Jumper, da Xbox 360. Uma hipótese para voltar a um dos jogos mais acarinhados pelos fãs da consola da Microsoft.

Tudo isto devido à retrocompatibilidade, que permite jogar títulos das consolas Xbox e Xbox 360 na família de consolas Xbox One. E claro, apenas para os utilizadores de Live Gold. A partir de hoje já temos dois dos jogos supracitados disponíveis. A saber, o “Marooners”, bem como o “Earth Defense Force”.

Está assim feito o convite, para que possa tirar proveito das novas ofertas para maio. O que acha desta seleção da Microsoft?

SOS GUINCHOS

 

Atenção: há uma vulnerabilidade no Windows que dá acesso ao controlo do computador

Atenção: há uma vulnerabilidade no Windows que dá acesso ao controlo do computador

A Kaspersky identificou uma vulnerabilidade crítica no sistema operativo, que serve de backdoor aos hackers para assumirem o controlo das máquinas.

A especialista em segurança Kaspersky Lab identificou uma vulnerabilidade no Windows, em forma de backdoors, que permite aos hackers controlarem, de forma discreta, os dispositivos que desejam afetar. A empresa destaca que este tipo de malware é “extremamente perigoso”, pois pode afetar os computadores com programas maliciosos.

Embora afirme que este tipo de situações seja difícil de ocultar nas soluções de segurança, podem passar despercebidas por um backdoor, que se aproveita de um erro previamente desconhecido do sistema, como as vulnerabilidades zero day. A Kaspersky afirma que as soluções de segurança podem não proteger os utilizadores, por não saberem o que é ou se existe.

A Kaspersky utilizou tecnologia de prevenção para detetar a tentativa de abuso da vulnerabilidade, até aqui desconhecida, do Windows. Segundo explica, “uma vez que o arquivo malicioso .exe foi executado, começou a instalação do malware. A infeção utilizou uma vulnerabilidade zero day e conseguiu fazer-se com privilégios para permanecer dentro da equipa da vítima”. Depois, utilizando um marco de scripting chamado Windows PowerShell, um elemento legítimo do Windows presente em todas as máquinas que utilizam este sistema operativo, o malware executou um backdoor.

A partir daí, os hackers puderam atuar de forma silenciosa, evitando serem detetados. O malware, em continuação, descarregou outro backdoor a partir do conhecido serviço de armazenamento de texto, dando aos hackers o controlo total sobre o sistema infetado.

A Kaspersky afirma a Microsoft já foi informada da vulnerabilidade, no dia 10 de abril. Entre os exploits, encontram-se os seguintes, que deve verificar com as soluções de segurança do mercado, incluindo as da especialista:

  • HEUR:Exploit.Win32.Generic
  • HEUR:Trojan.Win32.Generic
  • PDM:Exploit.Win32.Generic

SOS GUINCHOS

 

Ubuntu 19.04 Disco Dingo! O Windows 10 que se cuide…

Ubuntu 19.04 Disco Dingo! O Windows 10 que se cuide…

Tal como estava previsto, a versão final do Ubuntu 19.04 Disco Dingo chegou hoje e são várias as novidades! Tal como todas as versões não-LTS (Long-term support), o Ubuntu 19.04 Disco Dingo apenas tem suporte durante nove meses. Ou seja, até janeiro de 2020.

Vamos conhecer as principais novidades do novo Ubuntu!

A distribuição da Canonical é uma das distribuições Linux mais populares do mundo! Tendo servido de inspiração para muitas outras, a distribuição da Canonical tem vindo a perder popularidade. O Manjaro, Mint, MX Linux, entre outras, são as que têm recebido mais atenção.

Com o lançamento desta nova versão, a Canonical espera que o seu sistema operativo para Desktop se consiga finalmente afirmar como uma alternativa ao poderoso Windows 10.

Novidades da versão final do Ubuntu 19.04 “Disco Dingo”

A grande parte das novidades do Ubuntu 19.04 Disco Dingo já são conhecidas uma vez que a versão beta já foi lançada há alguns dias. Dependendo da versão, o novo Ubuntu está disponível com ambientes gráficos GNOME 3.32, MATE 1.22 e KDE Plasma 5.15. Destaque ainda para o facto de vir já com o Linux Kernel 5.0 e com o novo tema YaruA plataforma de produtividade incluída é o LibreOffice 6.2 e o browser principal é Mozilla Firefox 66. Há também um novo wallpaper.

Esta versão inclui também suporte para a GPU AMD Radeon RX Vega M e suporte total para o Raspberry Pi 3B e 3B+. Também já pode ser uma máquina com SoC Qualcomm Snapdragon 845 que o Ubuntu 19.04 “Disco Dingo” já consegue tirar todo o potencial deste SoC.

De acordo com alguns feedbacks, esta versão será provavelmente uma das melhores dos últimos anos, pois, a distribuição está mais leve e otimizada. Por agora é hora de instalarem a nova versão e experimentar todas as novidades.

SOS GUINCHOS