0
  Login
Android Q: Que telefones vão receber a nova versão e como a instalar no seu smartphone

Android Q: Que telefones vão receber a nova versão e como a instalar no seu smartphone

A Google ontem, durante a sua conferência I/O, apresentou muitas novidades para a próxima versão do Android. Esta está ainda a ser desenvolvida e tem um caminho longo pela frente.

Tal como aconteceu no ano passado, o Android Q está disponível para testes e para avaliação. Se os smartphones da Google eram os únicos eleitos, este ano volta a ser aberta e tem outros smartphones que podem testar esta versão. Vamos saber quais e como pode ser feito.

Testar as novas versões do Android era um processo limitado apenas aos smartphones Nexus e Pixel, da Google. Esta limitação foi recentemente aberta, com o android P, que viu outros modelos de outras marcas a receberem esta versão.

Que smartphones podem receber a 3ª beta do Android Q

Este ano não será diferente e há já uma lista de equipamentos identificados pela Google para testes. A lista é extensa e abrange 15 smartphones para além do equipamentos da gigante da pesquisa (Pixel 3, Pixel 3 XL, Pixel 2, Pixel 2 XL, Pixel ou Pixel XL).

Esta é uma lista fechada e que não deverá receber mais smartphones. A Google escolheu um leque alargado e que vão permitir uma bateria de testes alargada e exaustiva. A escolha foi obviamente guiada pelos smartphones mais vendidos.

Android Q beta smartphone versão instalar

Como instalar o Android Q no seu smartphone

Se o seu equipamento pertence à lista apresentada em cima, então poderá instalar o Android Q já muito em breve.

Este processo dependerá do modelo e das instruções do fabricante. Esta página tem instruções detalhada para todos os equipamentos que não pertencem à Google.

No caso dos Nexus, o processo é simples e rápido. Basta aceder ao site da versão beta do Android Q, nesta página e carregar no botão presente. Este pedirá a autenticação do utilizador e avançará

Caso exista um smartphone elegível associado à conta, este será mostrado. O utilizador só necessita de carregar na imagem do smartphone para que o processo se inicie.

Do lado do Android irá ser preparada a instalação da nova versão com a apresentação de uma mensagem a indicar a disponibilidade desta nova versão. Só precisam de instalá-la e ficam com o Android Q pronto a ser usado.

Estes são testes mais alargados e mais profundos, destinados a preparar o Android Q para a utilização. Espera-se que a versão final chegue no terceiro trimestre deste ano, com todas as novidades.

   

curtir:
Twitter traz novidades animadas para as aplicações Android, iOs e Web

Twitter traz novidades animadas para as aplicações Android, iOs e Web

Com efeito imediato, os utilizadores da rede social Twitter vão poder adicionar imagens, vídeos, bem como GIFs aos seus retweets. As partilhas de uma publicação de outra conta ou perfil poderão agora ser mais personalizados. A empresa está a fazer chegar a novidade à aplicação para Android e iOS e à versão web.

Desse modo e se utiliza o Twitter, pode agora acrescentar um toque pessoal ao conteúdo que partilha.

É uma das funções mais utilizadas nesta rede social. Ao navegar pelo feed vemos algo que nos desperta a atenção, que nos interessa, diverte, ou simplesmente consideramos que tal merece ser divulgado. Nesse caso, terá que fazer um retweet ou uma partilha de conteúdo de outrem nesta plataforma.

O retweet na rede social Twitter

Contudo, tal como o próprio Twitter o classifica, o retweet era complemente impessoal. Desse modo, mais não era do que uma nova publicação tal e qual o autor original a havia concebido. Por outras palavras, faltava a componente pessoal nesta função da rede social norte-americana.

Ao mesmo tempo, os utilizadores foram pedindo esta mesma função há vários meses. Agora, a rede social deu a saber que a espera tinha acabado e fê-lo, claro, com um exemplo disso mesmo. Em seguida pode ver o retweet de um pedido, acompanhado já de um GIF, mas existindo também outras possibilidades.

Ainda que para o comum utilizador esta mudança possa parecer quase insignificante, de acordo com o Twitter a sua implementação foi deveras trabalhosa. Foi necessário conceber uma nova forma, lógica e que não sobrecarregasse o feed, na cronologia dos utilizadores.

Os desafios nesta atualização para Android, iOS e Web

Descobrimos que foi difícil para os utilizadores perceberem e inteirarem-se do conteúdo num retweet com imagens ou GIFs. Uma consequência do layout; dois grandes tweets colocados um sobre o outro, aponta um porta-voz do Twitter.

Ainda que o processo de desenvolvimento da função tenha tido a sua dose de desafios, a função está já a ser distribuída. Portanto, se tem um dispositivo Android, iOS, ou se prefere utilizar esta rede social através do seu computador, também já poderá usufruir das novidades, a chegarem aqui de forma gradual.

A rede social aponta ainda que várias das grandes empresas, criadores e estúdios já estão a tirar proveito desta função desde que foi lançada. Por fim, a empresa deu a saber que demorará um pouco mais até chegar, e funcionar corretamente, na versão para computador – vista Web.

                                    

 

curtir: