0
  Login
SpaceX: Elon Musk dá a conhecer naves que deverão ir à Lua e a Marte

SpaceX: Elon Musk dá a conhecer naves que deverão ir à Lua e a Marte

De acordo com a Cnet, Elon Musk afirma que a SpaceX tem planos para fazer uma Starship tripulada sobrevoar a Lua em 2023

lon Musk, mentor da SpaceX, publicou recentemente duas imagens daquilo que poderão vir a ser as futuras aterragens das naves da empresa aeroespacial americana na Lua e em Marte. Na primeira imagem pode-se observar uma colina lunar e a Terra ao longe, enquanto que na segunda, vê-se uma Starship estacionada numa espécie de base de operações no planeta vermelho.

De acordo com a Cnet, Elon Musk afirma que as Starship serão capazes de aterrar nas superfícies mais irregulares da Lua na perfeição, – uma atitude confiante, talvez, derivada do sucesso dos testes realizados no início deste mês – aliás, Musk está de tal forma persuadido que a Starship será bem sucedida, que tem planos para levar um voo tripulado numa viagem à volta da Lua em 2023.

Embora representativas, as imagens pretendem dar-nos a conhecer a forma como a SpaceX idealiza a presença Humana em espaços extra-terrestres, para além de que deixa em aberto a possibilidade de a longo prazo, tentar tornar real a presença humana fora do planeta Terra.

SOS GUINCHOS

 

curtir:
WhatsApp começou a bloquear contas que usam o GB WhatsApp por violar as suas regras

WhatsApp começou a bloquear contas que usam o GB WhatsApp por violar as suas regras

A utilização de apps alternativas no WhatsApp é algo que acontece há muitos anos. Mesmo com todos os alertas que a empresa fez, muitos continuam a preferir estas apps alteradas e com mais capacidades que a original.

Esta situação não está a ser tolerada e por isso o serviço começou a bloquear contas que usam o GB WhatsApp por violar as suas regras.

Apesar desta não ser uma situação nova, ela parece estar agora a acontecer com maior incidência. Muitos utilizadores do GB WhatsApp estão agora a reportar problemas que até há pouco tempo não estavam a acontecer.

A situação está a ser controlada de forma firme e as contas são bloqueadas primeiro por um período de 20 minutos, sendo depois novamente impedidas de ser usadas por períodos cumulativos. Este vai crescendo em blocos de 20 minutos até se o bloqueio se torna permanente.

Para indicar aos utilizadores o que se está a passar, o WhatsApp apresenta uma mensagem e um contador. Este vai, de forma descrescente, mostrando o tempo que ainda vai ser necessário aguardar para que a conta seja desbloqueada.

É também mostrado aos utilizadores uma explicação para o sucedido e revela que este aconteceu pela violação das regras do WhatsApp. No site do serviço de mensagens a informação é também clara e revela que é proibida a utilização de versões não oficiais da sua app.

Se você receber uma mensagem no WhatsApp indicando que a sua conta foi “temporariamente banida”, você provavelmente está a usar uma versão não oficial do WhatsApp. Se não mudar para a app oficial após ser sido temporariamente banido, a sua conta pode ser permanente banida de usar o WhatsApp.

É também revelado que a impossibilidade de usar outras apps está associado à falta de segurança que estas têm, levando a que os dados dos utilizadores sejam roubados e as suas conversas interceptadas.

Na verdade, esta não é uma situação que não fosse esperada. Há poucos meses o serviço de mensagens tinha já alertado para a utilização destas medidas em contas que usassem apps que não a oficial criada pela empresa para o serviço.

Agora, e aparentemente numa escala global, esta medida foi colocada em prática. Assim, o WhatsApp obriga os utilizadores a abandonarem estas apps e a usarem a sua, oficial e reconhecida. De notar que as contas podem ser bloqueadas de forma definitiva para os utilizadores que insistirem em não abandonar estas apps.

SOS GUINCHOS

 

curtir: