0
  Login
Destaques tecnológicos da semana que passou foram…

Destaques tecnológicos da semana que passou foram…

Porque a nossa prioridade é a qualidade da informação que chega aos nossos leitores, escolhemos alguns artigos publicados ao longo da semana que passou e que refletem o que de mais relevante se falou no mundo tecnológico no Pplware.

Falamos da Samsung e dos ecrãs dobráveis, do novo Huawei P20, de vários temas da Xiaomi e também apresentamos análises de alguns jogos da PS4 e Xbox One.

A Samsung quer vender a tecnologia do seu ecrã dobrável à Apple e à Google

  • Depois do Galaxy Fold, Samsung já trabalha em dois novos smartphones dobráveis
  • A Xiaomi está a avaliar várias implementações para o smartphone dobrável
  • A Corning também está a trabalhar numa solução Gorilla Glass verdadeiramente dobrável
  • Motorola RAZR: as novas informações do próximo smartphone dobrável

2019 está a ser claramente o ano em que os ecrãs dobráveis vão chegar ao mercado e conquistá-lo. Esta nova tecnologia tem-se mostrado como sendo a que poderá vingar.

A Samsung foi uma das poucas marcas que conseguiu já apresentar um equipamento funcional. A marca quer agora potenciar o seu investimento e está a propor à Apple e à Google a sua utilização.

Procura uma mota elétrica? Conheça estas 5 sugestões

O Governo tem três milhões de euros para apoiar e incentivar a aquisição de veículos com emissões zero. Além dos carros e das motas, este ano há também um incentivo de 250 euros para quem adquirir uma bicicleta elétrica.

Se é fã dos veículos de duas rodas, mais concretamente de motas, conheça as nossas 5 sugestões de motas elétricas.

O Dark Mode no Facebook Messenger já está disponível para todos!

Agora é oficial, chegou o Dark Mode para todos os utilizadores do Facebook Messenger. Sem truques, sem qualquer atalho escondido para ativar este novo modo. A rede social de Mark Zuckerberg fez saber que todo e qualquer utilizador já pode usufruir deste novo “look” com várias vantagens inerentes.

Já ativou no seu dispositivo móvel? Não se preocupe, dizemos-lhe exatamente como o fazer!

Google: Artigo 11 e artigo 13 são um passo à frente e dois passos atrás

O debate é intenso e os argumentos esgrimidos entre a UE e as plataformas, como a Google, são um alerta. Se por um lado estão, supostamente, os autores “defendidos” pelo artigo 13, por outro lado, as plataformas dizem-se “em perigo”.

A Google vem agora dar a conhecer a sua reação à nova proposta da diretiva de direitos de autor. Segundo a gigante da Internet, a diretiva de direitos de autor da UE é um passo à frente e dois passos atrás.

Huawei P30 Pro: conheça o próximo smartphone Android da gigante chinesa

  • Huawei P30 – Confirmados Superzoom e o melhor Dark Mode
  • (Huawei) Honor 20, o próximo topo de gama a ter em consideração para 2019

O novo smartphone Huawei P30 Pro será apresentado a 26 de março na cidade das luzes com o Sena como pano de fundo. Paris é novamente a cidade escolhida pela 2.ª maior fabricante mundial de dispositivos móveis para nos apresentar a sua nova gama de dispositivos móveis Android, já em circulação na Internet.

Este artigo recolhe várias imagens do próximo smartphone, ainda em fase de protótipo.

Samsung Galaxy S10+ vs iPhone XS Max: qual será o mais resistente? (vídeo)

  • Galaxy S10+ consegue derrotar o iPhone XS Max em testes de desempenho reais
  • Samsung Galaxy S10+ já é o Rei do Antutu e olha de cima para o Huawei Mate 20 Pro
  • Quer os melhores wallpapers para os Samsung Galaxy S10? O Reddit ajuda!

O Samsung Galaxy S10 e a variante S10+ são dois dos melhores smartphones que pode encontrar atualmente no mercado, podendo o mesmo ser dito da atual geração iPhone XS da Apple. Porém, qual dos dois será o mais resistente, podendo sobreviver a quedas mais severas? E, além do mais, quão resistente é o Gorilla Glass 6?

Agora, antes mesmo de receber o seu novo Samsung, pode ver como é que ele sobrevive a este teste de queda, em vídeo.

A Xiaomi vai subir os preços aos seus smartphones, mas há uma boa razão para tal!

  • Xiaomi Mi 9: o estranho caso do smartphone que chegou sem Flash
  • Este pode ser o último ano em que a Xiaomi nos dá um Mi SE
  • O telemóvel (Xiaomi) Redmi Note 7 já está a conquistar novos mercados
  • AnTuTu: este é o Xiaomi Mi 9 especial que bateu 428 mil pontos!

Qual é a primeira palavra ou expressão que associa imediatamente à marca Xiaomi? Se respondeu “preço baixo” ou “relação preço/ benefício”, então partilha da aceção comum perante esta fabricante Android. Aliás, todo o seu portefólio de produtos atual reflete essa mesma filosofia – “innovation for everyone”. 

Contudo, o CEO da empresa, Lei Jun, sugere um aumento de preços que porá fim à margem de lucro de 5%.

A Google Assistant já fala português na sua Android TV

A plataforma Android TV pode ser um pouco confusa ou mesmo incoerente. Principalmente devido à grande diversidade de equipamentos em que está presente, desde a mais simples box Android à mais onerosa das televisões inteligentes. Contudo, temos agora novidades alusivas à Google Assistant para os seus utilizadores.

Caso tenha uma Smart TV ou uma caixa Android que suporte a assistente virtual, então prepare-se para as novidades.

Análise: Kingdom Hearts III (PS4)

O velho ditado “quem espera sempre alcança” nunca foi tão verdadeiro como no caso de Kingdom Hearts III. Os fãs da série tiveram de esperar 13 anos pela conclusão de uma das mais famosas sagas dos videojogos.

Mas será que o fim desta espera satisfez as expectativas dos fãs? É o que vamos ver já de seguida.

Óculos de Realidade Aumentada da Apple chegam em 2020 e precisam do iPhone

Há já algum tempo que se sabe que a Apple tem planos para criar uns óculos de realidade virtual. Estes têm, supostamente, estado a ser desenvolvidos para serem apresentados em breve.

A mais recente informação dá conta de que estes óculos podem estar para breve. Será já em 2020 e vão necessitar do iPhone para funcionarem.

curtir:
Os 10 erros HTTP mais comuns

Os 10 erros HTTP mais comuns

Ao visitar um website, o browser envia um pedido para o servidor no qual este se encontra alojado. O servidor recebe a solicitação, processa-a, e envia a resposta com os recursos solicitados. Por vezes, ao aceder a um determinado website, é comum surgir uma mensagem de erro HTTP (HyperText Transfer Protocol).

Quando é apresentado um desses códigos de erro, é sinal de que existe algum de tipo de falha no que respeita ao acesso à página. Saibam quais os 10 erros HTTP mais comuns.

Para que possa validar o porquê do erro HTTP apresentado é necessário conhecer a extensa lista de erros, para saber o que tem de fazer.  Os erros HTTP estão divididos em 5 classes com respostas distintas, sendo que o primeiro digito do número do código correspondente à sua classe. 

5 classes de erros HTTP

  • 1XX – Informativo
  • 2XX – Sucesso
  • 3XX – Redirecionamento
  • 4XX – Erro de Cliente
  • 5XX – Outros erros

Existindo muitos códigos de erro, selecionamos uma lista com os dez erros mais comuns, explicando qual o significado dos mesmos e como poderá, eventualmente, proceder para solucionar o problema.

  • 200 (OK):Significa que a sua página está OK, e que o website foi carregado normal e corretamente.
  • 301 (Moved Pernanently): Indica que o recurso solicitado foi atribuído a um novo URI e que referências futuras devem utilizar URIs devolvidos.
    • Resumidamente, este erro devolve ao browser a informação de que a página ou o website ao qual tentou aceder, apresenta uma alteração permanente do endereço.  Poderá resolver este erro, recorrendo a um Redirect 301, o qual transmitirá de forma quase integral a autoridade do antigo domínio para o atual.
    •  As três situações mais comuns em que fará sentido utilizar o Redirect 301 são:
      • Migração de Paginas que já não existem (erro 404);
      • Migração de Websites;
      • Evitar Duplicação de Conteúdo
  • 400 (Bad request): Este erro ocorre devido a incongruências do lado do cliente e do próprio servidor.  Quando o fluxo de informação enviado, pelo browser, não respeita as regras do protocolo HTTP, o servidor não sabe como processar a solicitação. Pode surgir quando o utilizador está a aceder através de ligação instável, tem o sistema operativo desprotegido, problemas com o browser ou de cache.

 

  • 403 (Forbidden): Surge quando o servidor rejeita o pedido. Normalmente, a razão mais comum para que surja este aviso é quando o detentor do website não concede as permissões corretas para que o utilizador possa visualizar a página visitada.
  • 404 (Not found): Este é um dos erros mais conhecidos pelos visitantes, e indica que a página que está a visitar não foi encontrada, ou seja, o recurso já não está disponível. O erro 404 é um tipo de erro que não está relacionado com o servidor, mas sim com o website em si, isto é, o utilizador consegue aceder ao website, existe resposta por parte do mesmo, no entanto, a página ou conteúdo solicitado não conseguem ser localizados.
    • Um dos procedimentos a implementar no desenvolvimento do seu website, de forma a minimizar o impacto de erros 404 no seu website, é a criação de umapágina 404 personalizada, onde poderá, por exemplo, apresentar a lista das páginas mais visitadas do website, ou dos produtos ou serviços de maior relevância;
    • Se a página em causa tiver sido removida ou a tenha substituído e criado um redirecionamento, é devolvido o código301, reencaminhando o utilizador para a página correta;
    • Se considera que a página poderá ter sido incorretamente com um erro 404 , poderá recorrer à“Ferramenta de inspeção de URL”daGoogle Search Console para analisar o conteúdo renderizado e qual o código HTTP devolvido.

 

  • 500 (Internal server error): Trata-se de um dos erros mais frequentes, e significa que existe algo, ao nível do servidor, que está a impedir o acesso à website ou à página que está a ser visitada. Pode resultar de uma falha inesperada que impede que o servidor o conecte à página ou permissões incorretas dos ficheiros do site. Muitas vezes, quando um determinado website está a receber demasiado tráfego, poderá ser devolvido o erro 500.  Apesar de ser um erro do lado do servidor, limpe a cache e as cookies do seu browser, e tente visitar novamente a página.

 

  • 502 (Bad gateway): Diz respeito a um problema de comunicação entre dois servidores. Por vezes, um servidor é utilizado como intermediário entre o utilizador e um outro servidor, como, por exemplo, quando faz um acesso por proxy. Esse erro ocorre, devido a uma resposta inválida do servidor que se encontra acima na hierarquia. De referir que apesar de esse servidor poder estar a funcionar incorretamente, o motivo mais frequente para o referido erro é a incongruência entre protocolos para a troca de informação entre os servidores.

 

  • 503 (Service unavailable):Este erro poderá corresponder a uma situação temporária. Por isso, se visitar um website e for apresentada esta mensagem é sinal de que o servidor poderá não estar disponível, devido a uma manutenção programada ou a excesso de tráfego no website. Faça refresh à pagina ou tente aceder, novamente, mais tarde.

 

  • 504 (Gateway timeout):O erro 504 é gerado devido a problemas de troca de informação entre servidores. Se tentar aceder a um website e for devolvido este erro, significa que o servidor não está a enviar os dados para o servidor ao qual está ligado. Como o servidor não consegue receber o fluxo de dados em tempo útil, gera o 504.  É um tipo de erro relacionado com a rede, como tal, apenas quem tem acesso à infraestrutura da mesma, poderá receber. Aconselhamos, neste caso, que tente aceder novamente, passados uns minutos.

 

  • 508 (Resource Limit is reached ):O erro 508 é obtido quando a conta de alojamento em questão atingiu o limite de recursos. Este limite poderá ser de CPU, memória ou processos concorrentes. Poderá significar que o site tem algum problema e consome muitos recursos, ou simplesmente que os recursos alocados não são suficientes para suportar o volume de tráfego ou visitas.

Para além dos erros HTTP escolhidos para o TOP 10 deste artigo, adicionaria algum à lista? Quais os erros que costuma visualizar com maior frequência quando acede a um website?

curtir: