0
  Login
Consultora agap2IT desenvolve “solução inovadora” em blockchain

Consultora agap2IT desenvolve “solução inovadora” em blockchain

A plataforma Blockbase, orientada ao aprovisionamento seguro de dados, conta com o apoio do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico do Portugal 2020.

Para Ricardo Schiller Pinto, Head of Research and Development da agap2IT, “a experiência de três anos no desenvolvimento em blockchain permitiu à empresa avançar para uma proposta mais sólida” nesta tecnologia diferenciadora.

O projeto está a ser desenvolvido por uma equipa interna da consultora, integrada no seu departamento de inovação. Com esta aplicação da blockchain às bases de dados, a empresa pretende colocar-se na dianteira do desenvolvimento desta tecnologia no mercado nacional. “O desenvolvimento de projetos levados a cabo permite ainda fazer a ponte entre o mundo empresarial e o académico, desenvolver novas competências tecnológicas, investigar e desenvolver aplicações disruptivas e obter financiamentos nacionais e internacionais”, é referido no comunicado.

A tecnológica lusitana, que se dedica a ajudar os seus clientes a adaptarem os seus negócios a um mundo cada vez mais digital, está agora presenta em oito diferentes países (Portugal, França, Espanha, Suíça, Alemanha, Bélgica, Holanda e Reino Unido) e está envolvida em projetos que se estendem por quatro continentes. Além disso, conta também já com três Centros de Competências.

curtir:
Óculos de realidade aumentada da Apple podem ser um acessório do iPhone

Óculos de realidade aumentada da Apple podem ser um acessório do iPhone

Alvo de rumores há vários meses, os alegados esforços da Apple na área da realidade aumentada podem ser finalmente desvendados em meados do próximo ano, se a mais recente informação sobre o tema se confirmar.

Ming-Chi Kuo, um analista que segue a empresa da maçã, garante que a Apple se prepara para fazer chegar ao mercado uns óculos de realidade aumentada, que vai posicionar como um acessório para iPhone.

A produção deste novo acessório deverá começar ainda este ano, no último trimestre, embora também se admita que possa deslizar para o segundo trimestre de 2020. O lançamento do gadget acontecerá na segunda metade do ano, relata o MacRumors.

A mesma informação garante que o gadget vai funcionar essencialmente como um ecrã, a partir do qual é recolhida e descarregada informação para o iPhone. Isto permitirá manter os óculos finos e leves, algo que não seria possível se todo o hardware necessário para fazer funcionar o sistema estivesse nos óculos, sublinha o relatório publicado no Economic Daily News.

curtir: