0
  Login
Mais de metade da população mundial está ligada à internet

Mais de metade da população mundial está ligada à internet

O destaque vai para o crescimento nos países em desenvolvimento, onde atualmente 45,3% da população está conectada, comparativamente com 7,7% há 13 anos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou esta sexta-feira que cerca de 3,9 mil milhões de pessoas em todo o mundo estão ligadas à internet, o que significa que, pela primeira vez, mais de metade da população mundial está conectada.

Segundo estimativas da União Internacional de Telecomunicações (UIT), uma agência da ONU, 51,2% da população mundial estará conectada à internet até ao final de 2018.

“Este é um passo importante rumo a uma sociedade de informação global mais inclusiva“, declarou o secretário-geral da UIT, Houlin Zhou, em comunicado.

Contudo, Houlin Zhou lembrou que “muitas pessoas em todo o mundo estão ainda à espera de colher os benefícios da economia digital” e apelou para que “a revolução digital não deixe ninguém desconectado”.

Segundo a UIT, os países mais ricos estão a registar um crescimento lento, mas regular, com 80,9% da população atualmente conectada, contra 51,3% em 2005.

Mas os ganhos foram mais espetaculares nos países em desenvolvimento, onde atualmente 45,3% da população está conectada, comparativamente com 7,7% há 13 anos. Segundo os dados da UIT, África é a região com maior crescimento, com 24,4% da população ligada, em comparação com 2,1% em 2005.

O relatório mostra igualmente que o número de assinaturas de linhas fixas continua a diminuir em todo o mundo, enquanto a quantidade de assinaturas móveis é agora maior do que a população mundial. O número de assinaturas de banda larga móvel disparou de quatro por cada 100 habitantes em 2007 para as atuais 69,3.

Atualmente existem 5,3 mil milhões de assinaturas ativas de banda larga móvel em todo o mundo, que indica ainda que 96% da população mundial está coberta por uma rede de comunicações móveis.

curtir:
Conheça Nera, uma moto elétrica totalmente impressa em 3D

Conheça Nera, uma moto elétrica totalmente impressa em 3D

Nasceu pelas mãos da BigRep, que pretende revolucionar o mercado com a ideia. Por enquanto ainda é só um protótipo…

A empresa alemã é conhecida pelas suas impressoras 3D de grande capacidade e recentemente apresentou uma das suas últimas produções: uma moto elétrica completamente funcional.

Todas as “partes” principais da Nera foram fabricadas em impressão 3D, desde os pneus ao volante, passando pelas jantes, pelo chassi e pelo assento. Na verdade, de fora ficaram apenas os componentes elétricos, como o motor ou a bateria.

Inicialmente a intenção da BigRep, e do seu NowLab, era mostrar as capacidades da marca no desenvolvimento de pneumáticos, mas o projeto terminou na construção da estrutura completa, e que, segundo a empresa, atesta que a impressão 3D XXL pode satisfazer necessidades industriais oferecendo ao mesmo tempo liberdade de design.

A Nera tem 190 x 90 x 55cm de dimensão e pesa cerca de 60kg. De momento não passa de um protótipo, não se sabendo se vai chegar a ser comercializada. Pode entretanto ver um pequeno vídeo que a mostra “em ação”.

No site do laboratório de inovação da BigRep é possível saber mais acerca do projeto e sobre outros em desenvolvimento.

curtir: