0
  Login
Carros da Tesla cada vez mais perto de se transformarem em KITTs

Carros da Tesla cada vez mais perto de se transformarem em KITTs

Sim, em breve vai poder “chamar” o seu Tesla com o smartphone. E pedir que o siga. E mandá-lo estacionar. O “cenário” facilmente se associa à série Knight Rider. Ou mais ao comportamento de um animal de estimação…?

Elon Musk fez mais um dos seus anúncios no Twitter. O empresário revelou que está prestes a chegar aos modelos Tesla uma nova versão da tecnologia de estacionamento autônomo Summon que, combinada com o sistema Autopilot, permitirá controlar os carros remotamente.

De smartphone na mão, os donos de um Tesla poderão “conduzir” o seu carro através da app, “chamando-o” para perto de si. Pode inclusive fazer com que o siga, “tal qual um animal de estimação”, se premir continuamente o botão, “ilustra” Musk.

A nova versão do Summon deverá estar pronta em cerca de seis semanas e vai ser disponibilizada numa atualização over-the-air para os modelos Tesla fabricados nos dois últimos anos.

Um dia antes, Elon Musk também tinha afirmado no Twitter, numa resposta a um outro post,  que em breve estará disponível uma nova versão “ligeiramente mais inteligente” do Summon, que possibilitará que os Tesla procurem autonomamente lugares vagos para estacionarem.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Cores, sensor biométrico no display e 5G no Samsung Galaxy S10?

Cores, sensor biométrico no display e 5G no Samsung Galaxy S10?

O Galaxy S10 deverá ter três variantes: o Galaxy S10, o S10 Plus e uma versão mais econômica da qual ainda não se conhece o nome.

O lançamento do novo Samsung Galaxy S10 só deverá acontecer dentro de alguns meses, no entanto, tal como a indústria nos tem vindo a provar, nunca é cedo de mais para começarem a ser publicados os primeiros rumores.

De acordo com o portal SamMobile, que é tido como uma fonte fiável de notícias relacionadas com o universo Samsung, o próximo topo de gama da empresa sul-coreana vai chegar ao mercado em quatro cores diferentes: preto, branco, amarelo e verde.

Adicionalmente, o portal indica que a Samsung vai conseguir lançar uma variante do S10 com 5G. É, no entanto, possível que este modelo chegue mais tarde ao mercado, uma vez que a tecnologia ainda se encontra em desenvolvimento.

Outro rumor adianta que o Galaxy S10 vai ser o primeiro smartphone da Samsung com um sensor biométrico  de impressões digitais no ecrã. Contudo, o portal SamMobile sublinha que apenas duas das variantes vão contar com esta funcionalidade: o S10 e o S10 Plus. A versão mais barata, cujo nome de código é Beyond 0, não deverá integrar este sistema.

Finalmente, importa sublinhar que as versões de entrada do S10 deverão começar nos 64GB de armazenamento interno.

De salientar que nenhuma destas informações foi oficialmente confirmada pela Samsung.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Xiaomi lança caderno capaz de passar as suas notas para o smartphone ou tablet

Xiaomi lança caderno capaz de passar as suas notas para o smartphone ou tablet

A tecnologia tem avançado, nos últimos anos, no sentido de conseguir transpor toda a nossa informação dos suportes tradicionais para os digitais, nas suas diferente formas.

Uma área onde este passo está a demorar é na escrita, onde o papel ainda é rei. A Xiaomi deu agora um avanço grande com o Bamboo Slate, um caderno tradicional que pode converter tudo para o digital.

A gigante chinesa Xiaomi é conhecida por ter no mercado um leque de soluções que abrangem quase todas as áreas. Dificilmente não encontramos um produto desta marca que supra as nossas necessidades, desde a roupa até aos bem conhecidos smartphones.

O mais recente produto, o Bamboo Slate, foi desenvolvido pela WACOM e é um caderno A4 e uma base onde podemos tomar notas e escrever texto, que rapidamente é convertido para digital no nosso smartphone ou tablet.

No final bastará um toque na base para que todas as notas tomadas na página atual passam de imediato para o dispositivo associado, de forma simples, rápida e transparente.

O Bamboo Slate funciona utilizando a tecnologia de ressonância eletromagnética para produzir os desenhos digitais com um simples toque de um botão. Para isso constrói um campo magnético estável e preciso no fundo do dispositivo.

Além disso, os campos magnéticos são deslocados com a ajuda de uma caneta eletromagnética, que captura e regista o sinal de escrita em tempo real. Esta ajuda a perceber a escrita e depois pode refazê-la, se for necessário.

Esta novidade da Xiaomi está já à venda na Europa por cerca de 100 euros. É uma excelente proposta para todos os que ainda estão presos ao papel, mas que precisam de ter as suas notas, desenhos ou texto convertidos para formatos facilmente trabalhados no mundo digital.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Roubar e manipular memórias das pessoas? Sim, a base da tecnologia já existe

Roubar e manipular memórias das pessoas? Sim, a base da tecnologia já existe

Parece ficção científica, mas a Kaspersky explica como é possível fazer hacking aos cérebros para roubar e manipular memórias num futuro próximo.

Lembra-se de filmes como o Total Recall e outros clássicos de ficção científica com temáticas que envolvem a manipulação de memórias, através do hacking do cérebro? Era ficção mas já é possível fazê-lo, segundo a especialista em segurança Kaspersky, que afirma que a tecnologia existe, embora o verdadeiro perigo se encontre ainda a décadas de distância.

Segundo a especialista, os investigadores estão a desenvolver implantes utilizados em estimulação cerebral profunda, os chamados Geradores de Impulsos Implantáveis (GII). Tal como explica, os dispositivos enviam impulsos elétricos a partes específicas do cérebro para tratar doenças, tais como Parkinson, tremores essenciais, depressões profundas e outros distúrbios. A Kasperski refere que a geração mais recente destes implantes inclui software de gestão, que pode ser acedido através de tablets e smartphones, através de ligações Bluetooth.

Nesse sentido, os investigadores avançam com diferentes vulnerabilidades e cenários de risco, existentes e potenciais, que podem ser explorados pelos hackers. Uma vulnerabilidade dá acesso a uma plataforma de gestão online, muito utilizada pelas equipas de cirurgiões, levando o hacker a aceder a informações e procedimentos de tratamento.

Outro problema detetado diz respeito à transferência insegura e não encriptada de dados entre os implantes, software e redes associadas. Nesse sentido, será possível manipular os implantes individuais dos pacientes ou grupos ligados na mesma estrutura. Esta manipulação pode resultar na mudança de definições, roubo de dados pessoais ou mesmo introduzir paralisia e dor ao paciente.

Por fim, no que diz respeito à segurança, há um comportamento médico inseguro, em que o software crítico para um paciente está protegido com palavras-passe com defeitos, algumas delas são as mesmas utilizadas para navegar na internet ou em aplicações previamente instaladas.

tek memórias

A Kasperski salienta a necessidade para resolver todas as áreas vulneráveis, pois no decorrer das próximas décadas, os hackers podem especializar-se no conhecimento da formação do cérebro humano e através de neuro estimulantes mais avançados podem aceder ao armazenamento de memórias, criando oportunidades para ciberataques.

O mais curioso é que, em cinco anos, os cientistas preveem conseguir gravar eletronicamente os sinais cerebrais que constroem as memórias. Acrescente-se a possibilidade de reforçá-las ou reescrevê-las antes destas serem alojadas no cérebro. Ainda no que diz respeito a “futurologia”, os cientistas esperam dentro de uma década ter no mercado implantes de reforço de memória (upgrade de RAM?). E em 20 anos, a tecnologia poderá permitir o controlo total de uma memória, apagando um evento triste ou partilhando outros mais felizes. A infografia produzida pela empresa de segurança dá um vislumbre do futuro, mas assista ao trailer do videojogo Remember Me, em baixo, uma fição científica baseada neste conceito de manipulação de memórias.

A especialista avança com diferentes cenários de perigo no futuro, tais como a manipulação massiva de grupos para implantar ou apagar memórias de eventos políticos ou conflitos. Poderão existir novas oportunidades de ciberespionagem, ou mesmo uma espécie de Ransonware, onde os hackers “bloqueiam” memórias em troca de um resgate.

A Karspesky afirma que devem-se resolver os problemas atuais da tecnologia, que é a fundação do que se prevê no futuro, para anular as referidas previsões catastróficas.

 

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Com possibilidade de esconder a câmera frontal, Galaxy S10 pode vir com display Infinity-O

Com possibilidade de esconder a câmera frontal, Galaxy S10 pode vir com display Infinity-O

Samsung registrou a patente de novos modelos de display no WIPO (World Intellectual Property Office). As telas são chamadas de Infinity-O, não possuem notch e usam a parte frontal quase integralmente. Os rumores apontam que o próximo smartphone da Samsung, o Galaxy S10, irá embarcar diversas novidades que a empresa está trabalhando, uma delas será o melhor uso da parte frontal. Outro vazamento indicou que será possível esconder a câmera quando o smartphone estiver exibindo um vídeo.

De alguma forma, que ainda não foi revelada, será possível deixar a câmera frontal que estará sob o display, escondida enquanto você utiliza outras funções de seu smartphone, apesar do vazamento indicar apenas que será possível esconder quando estiver assistindo algum conteúdo. Isso desconfirma o boato de que o Galaxy S10 seria equipado com um “buraco” no display para a lente da câmera. O smartphone seria totalmente adaptado para o novo design da câmera, com uma possível mudança nos ícones da barra de ferramentas, por exemplo.

Com essa patente registrada, a Samsung fica com seus designs protegidos em 70 países. O registro oficial desse modelos não significa necessariamente que a empresa irá lançar diversos produtos imediatamente, porém há grandes possibilidades de futuros smartphones serem equipados com essas telas.

Há 12 modelos diferentes registrados, eles são chamados pelas letras ‘A’ até a ‘L’. Os designs trazem a maioria das câmeras frontais na parte superior esquerda. As bordas dos aparelhos são bem diferenciadas, algumas são mais arredondadas, e outras mais quadradas. Apenas os modelos A e B foram coloridos, o que sugere que seriam os modelos mais próximos de serem lançados oficialmente no mercado e poderiam representar o Galaxy S10.

O modelo B é o que possui as bordas mais arredondadas, já o D é o oposto, com pontas bem traçadas. Todos os smartphones desse grupo possuem a câmera frontal no canto superior esquerdo.

Os modelos do E ao H também estão com a câmera frontal alocada na parte esquerda. A configuração mais diferente é o modelo G que possui a parte inferior quadrada e a parte superior arredondada.

Os últimos modelos de display da lista são os que possuem configurações mais inusitadas. O modelo I alocou a câmera também na parte superior esquerda, já os modelos J e K têm o jogo de lentes ao centro. O modelo L indica duas aberturas no lado superior direito.

As especulações indicam que o design do Galaxy S10 será ou o modelo A ou o B, já que são os únicos que foram renderizados. Outros rumores indicam que o smartphone virá com leitor digital no display, e um conjunto de três câmeras traseiras, sendo elas: uma lente padrão, uma grande angular e uma teleobjetiva.

A Samsung ainda não fez nenhum anúncio oficial. Apesar disso, o Galaxy S10 é aguardado para o primeiro trimestre de 2019.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Plano da Receita Federal pode destruir o mercado de criptomoedas, diz advogado do setor

Plano da Receita Federal pode destruir o mercado de criptomoedas, diz advogado do setor

“A falta de regulamentação de criptomoedas leva a Receita Federal fazer como bem entender nesse mercado”. Essa foi a frase dita por Rafael Steinfeld, advogado e CEO da Bitwolf, na manhã dessa sexta-feira (16), na Bitconf Summer Edition, que está sendo realizada em Fortaleza, no Ceará.

O advogado palestrou sobre os riscos trazidos da minuta de uma instrução normativa feita pela Receita Federal. O órgão visa tributar qualquer operação com criptomoedas e, em face da ausência de regulamentação, pretende fazer isso por analogia de regras utilizadas no mercado de ações.

O problema, contudo, é que esse projeto de instrução normativa prevê penalidades que podem afetar negativamente o mercado cripto por inteiro. A obrigação de se fazer declaração mensal das operações acima de R$10 mil, na visão de Steinfeld, é algo absurdo e pode afastar investidores.

“Isso não é feito nem no mercado de ações”, disse o advogado que ainda apontou um outro problema grave. Mesmo sem qualquer previsão legal e, desta forma, violando o princípio da legalidade, a Receita Federal ainda impôs uma multa em caso de declarações desconexas.

A sanção de pagamento de 1,5% para pessoas físicas e 3% para as pessoas jurídicas sobre o total que deve ser tributado, é um absurdo.

“Esse tipo de penalidade não pode ser imposta por essa instrução normativa”, afirma o advogado. Ela deve advir de lei conforme está até previsto no artigo 97 do Código Tributário Nacional. “Não se pode criar penalidade sem lei. Essa instrução normativa viola o princípio da legalidade”.

“O banco só tem de informar suas declarações uma vez por ano. Isso é destruir o mercado. As associações que estão aí têm de brigar firme contra esse absurdo”.

A questão é que não há clareza nem do momento em que deve ocorrer a tributação e ainda acaba onerando tanto as exchanges quanto os investidores em se certificar sobre os detalhes das suas operações com criptomoedas.

Steinfeild afirma que esses 3% é muito além do que as exchanges ganham com as transações e isso vai acabar com o mercado.

Apesar de declaração não significar tributação, o advogado explica que isso trará custos para exchanges e investidores, os quais terão de contratar advogados e ainda garantir a execução fiscal (em outros termos pagar o valor para se defender).

O que motivou essa minuta da instrução normativa foi a suspeita de que as criptomoedas estariam sendo usadas para lavagem dinheiro. Steinfeld não discorda de que criptomoedas devem ser tributadas, mas critica a Receita federal pela falta de conhecimento sobre o tema.

“A receita precisa entender mais sobre o assunto. A blockchain é totalmente auditável. Eles estão em outro mundo. Não sei o que eles pensam. O mercado não é assim”.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Exchange Liqui.io dá sete dias para clientes retirarem criptomoedas excluídas e acende alerta de golpe

Exchange Liqui.io dá sete dias para clientes retirarem criptomoedas excluídas e acende alerta de golpe

A exchange de criptomoedas Liqui.io, que tem sede em Kiev, na Ucrânia e representantes na Rússia, Armênia e EUA, realizou exclusões significativas de criptoativos na sua plataforma, conforme mostram dois comunicados da empresa nos meses de setembro e outubro.

Exclusões, no entanto, não quer dizer que a bolsa vá fechar ou está com problemas financeiros, muitas vezes pode ser por questões de confiabilidade ou até mesmo de suporte.

Porém, a exchange deu apenas um prazo de sete dias para que todos os clientes estivessem cientes. E isso acaba causando estranheza.

O primeiro lote de criptoativos excluídos foi anunciado no dia 21 de setembro, quando fez parte desse, a BAT (Basic Attention Token), recentemente listada pela Coinbase.

Os outros foram os seguintes: TAAS, EDG, MCO, CFI, MGO, MLN, TKN, MYST, ICN, TIME, REQ e Waves.

“Os clientes têm até 28 de setembro de 2018 às 12:00 UTC para fechar qualquer negócio e retirar quaisquer saldos desses [cripto]ativos”, dizia a nota.

O prazo final para a retirada dos saldos, contudo, era 13 de outubro. No entanto, sete dias é um período muito curto para alertar a todos, principalmente desavisados e hodlers.

“Após essa data, não poderemos ajudá-los a efetuar retiradas da bolsa. Dessa forma, os usuários devem retirar quaisquer tokens que tenham antes do prazo final”, reiterou a exchange.

Assim como neste comunicado, um outro, de 20 de outubro, anunciava a exclusão dos seguintes tokens: NET, XID, PTOY, NEU, ZRX, REN, AE, DNT, QRL, SNM, SRN, STX.

Da mesma forma, o prazo dado foi de sete dias. A Liqui ainda fez questão de frisar pontos dos seus termos, como também o fez na primeira nota, dizendo:

“Nosso objetivo para todas as exclusões é tornar esse processo o mais simples possível para os clientes, e é por isso que sempre nos esforçamos para:

  • Avisá-los com 7 dias de antecedência antes de remover um ativo
  • Dar prazo de 15 dias para a retirada dos fundos.
  • Lembrá-los, através de várias mídias, durante o período que antecedeu o prazo
  • No caso excepcional de manutenção de carteira poderemos estender o prazo e contatar, via e-mail, os detentores dos [cripto]ativos afetados

Transferência de fundos

De acordo com um post de um usuário do Reddit, repercutido pela CCN, o endereço ‘0xcc5570e7d39BA1738333782Fb0C5623fb6a6b1f2’  pode pertencer à Liqui e, assim, ela pode estar sacando saldos remanescentes dos clientes que não retiram no prazo.

A CCN diz que entrou em contato com a exchange, mas ainda não obteve resposta.

No entanto, segundo a reportagem, se este endereço estiver realmente associado à exchange, pelo menos a afirmação de que eles estão realmente liquidando os tokens se confirma.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Mercado de smartphones vale mais 10% na EMEA com impulso da Huawei

Mercado de smartphones vale mais 10% na EMEA com impulso da Huawei

Relatório da IDC refere que o volume de vendas de smartphones baixou 5% no terceiro trimestre, mas o seu valor subiu consideravelmente.

O novo relatório da IDC referente ao mercado de smartphones na região EMEA mostra que no terceiro trimestre do ano, o volume de negócio decaiu 5% (para os 89 milhões), comparado com o mesmo período de 2017. Ainda assim, salienta que o valor das vendas cresceu 10%, para os 29,8 mil milhões de dólares, considerando o preço de retalho sem taxas.

A empresa de análise de mercado anota que existem variações regionais, com as regiões de África e Médio Oriente a diminuírem tanto em volume como valor, influenciadas pela desvalorização do petróleo em alguns países. Já na Europa a boa performance foi notória, destacando a vitalidade dos mercados de Leste e Rússia. O mercado europeu chegou aos 19 mil milhões de preço de retalho sem taxa. A IDC enaltece a tendência do uso de smartphones mais caros na Europa, sendo a segunda região global que mais consome, seguindo os Estados Unidos.

tek idc

O relatório atribuiu às fortes vendas deste período a sucesso da Huawei, tornando-se um competidor próximo da Samsung, sobretudo o modelo P20. Apesar das excelentes vendas dos modelos iPhone Xs da Apple, o seu lançamento aconteceu nos últimos dias do trimestre, não se refletindo no estudo deste período. Já a Huawei duplicou no último ano as proporções das receitas dos seus dispositivos que custam cerca de 200 dólares. Segundo a IDC, a Europa recebe cerca de metade dos smartphones da fabricante chinesa.

Já a Xiaomi é um novo “rival” na Europa, graças aos seus modelos baratos e fazendo cortes aos preços dos seus produtos. Ainda assim, no período analisado não foi registado um aumento de quota no mercado europeu. A IDC promete, no entanto, algumas mexidas interessantes para o quarto trimestre, em primeiro lugar pela época natalícia, e pela entrada no mercado do novo Mate 20 da Huawei e os dispositivos da Apple.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
SpaceX vai lançar mais 7.000 satélites de internet no espaço

SpaceX vai lançar mais 7.000 satélites de internet no espaço

O plano de Elon Musk, para um mundo com serviços de internet de baixo custo, continua em bom ritmo e a SpaceX vai enviar para o espaço mais 7.000 satélites para a “constelação” Starlink. No início do ano, a agência espacial do magnata tinha um plano para a cobertura total da Terra através de 12 mil microssatélites, tendo enviado dois satélites experimentais, o Microsat-2A e o Microsat-2B.

A FCC (organismo que regula o sector das comunicações nos Estados Unidos) já tinha aprovado em março o lançamento de 4.425 satélites, seguindo-se agora a autorização para os restantes 7.000. Este autêntico lençol de satélites manterá uma ligação à internet persistente, que irá beneficiar sobretudo as populações rurais ou outras localizações remotas, onde o sinal não chega. Através da rede Starlink, será possível ligar online com velocidades até 1 Gbps, adianta o Engadget.

A cobertura do total do planeta, ao concretizar-se o plano de Elon Musk, vai de encontro à ideologia da ONU, que defendeu num comunicado que o direito à internet é um direito humano.

Os satélites da SpaceX serão lançados de forma faseada, prevendo-se que a rede Starlink esteja apenas totalmente completa em meados de 2020. Para além da empresa de Elon Musk, também a Kepler, Telesat e LeoSat esperam lançar mais algumas centenas de satélites dedicados à internet, o que tem levantado algumas preocupações à NASA sobre o congestionamento de “entulho” espacial. A ESA tem trabalhado para reduzir o impacto ambiental das atividades espaciais, tentando manter o espaço um sítio seguro e limpo. Nesse contexto, a SpaceX irá recolocar alguns dos satélites da sua rede em baixa órbita, para diminuir o impacto no espaço.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Transmitindo rádio online utilizando o Oddcast V3 , ZaraRadio e  Voicemeeter

Transmitindo rádio online utilizando o Oddcast V3 , ZaraRadio e Voicemeeter

Transmitindo rádio online utilizando o Oddcast V3 , ZaraRadio e Voicemeeter.

Toda e qualquer transmissão realizada através de seu computador para o nosso servidor é considerada uma Zara Rádiotransmissão AO VIVO, mesmo que não exista um locutor com microfone. Deste modo, toda transmissão de músicas, vinhetas, comerciais ou qualquer outro sinal de áudio, com locução ou não, efetuada através de seu computador, é considerada como uma transmissão AO VIVO.

Para realizar transmissões AO VIVO você precisará de 1 programa gerenciador de áudio, responsável por reproduzir suas músicas, e 1 programa para realizar a transmissão de sua web rádio aos nossos servidores.o Oddcast V3 e o ZaraRadio, duas ótimas opções inteiramente gratuitas, que permitem a transmissão em MP3 ou AAC Plus.  os dois programas em conjunto, permitindo assim um controle completo de sua transmissão AO VIVO!

voicemeeter

O primeiro passo é realizar o download e instalação de ambos os programas(Oddcast e ZaraRadio e o

VoiceMeeter se necessário.

) em seu computador.
Disponibilizamos os links para Download logo abaixo:

 

Zara Rádio

Oddcast V3

VoiceMeeter

Caso necessite ajuda para configurar entre em contato por nossos canais de atendimento

curtir: