0
  Login
Bitcoin sobe 10% após atingir mínima anual; criptomoedas esboçam reação

Bitcoin sobe 10% após atingir mínima anual; criptomoedas esboçam reação

Negociado a US$ 4.300 na terça (20), o Bitcoin voltou a respirar e subiu 10% desde sua menor cotação no ano. Às 7:00 de quarta (21), a criptomoeda já era negociada próximo aos US$ 4.800.

No Brasil, o Bitcoin opera em alta de 6,24% no dia, cotado a R$ 17.472. Nas últimas 24 horas, 873 BTCs foram negociados nas principais exchanges do país, equivalentes a mais de R$ 14 milhões.

Com a queda, o bitcoin acumula uma desvalorização de 65% no ano e de 78% desde o seu topo histórico. Em 2018, o BTC fechou o mês positivo em apenas três ocasiões: fevereiro, abril e julho.

Mercado tenta recuperação

Com quase todas as criptomoedas experimentando suas menores cotações anuais, o valor de mercado também caiu para o menor nível de 2018, US$ 148 bilhões, patamar semelhando a outubro de 2017.

Entretanto, os criptoativos parecem estar respirando nesta quarta, apesar de se manterem bem abaixo da cotação de uma semana atrás, quase todos operam em alta nas últimas 24 horas.

Enquanto a maioria teve quedas superiores a 30%, o XRP, token da Ripple, desvalorizou apenas 9,5% na semana. O Bitcoin Cash, que teve o evento do hard fork ao seu lado, foi o que mais sofreu, com uma queda de 51,79%.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Microsoft deu mais um passo para acabar com as palavras passe nos seus serviços

Microsoft deu mais um passo para acabar com as palavras passe nos seus serviços

A segurança é um tema recorrente e que tem estado cada vez mais a ser do interesse dos utilizadores. Para além da proteção dos seus dados, estes querem também garantir que estes são inacessíveis.

As palavras passe têm estado no centro desta discussão, tendo um fim anunciado para breve. A Microsoft deu mais um passo para este fim, com novidades no Windows 10 que permitem já dispensar as palavras passe.

Há já algum tempo que a Microsoft procura formas de eliminar a necessidade de palavras passe para autenticar nos seus serviços e até no próprio Windows. Se no seu sistema operativo isso aconteceu com o Hello, no caso dos serviços da Internet estava mais complicado e demorado.

Agora, e com a chegada da última grande atualização do Windows 10, este passo foi finalmente dado. É já possível fazer a autenticação nas contas Microsoft com novas formas, que dispensam de forma total a utilização de palavras passe.

Para isso, o Windows 10 tem agora, na mais recente versão do Edge, suporte para dispositivos FIDO2, que garantem a autenticação sem recurso a qualquer palavra passe. Bastará a colocação da chave e a autenticação será realizada de forma automática.

Para além das keys FIDO2, a Microsoft deu também ao Edge a possibilidade de fazer autenticação com recurso ao Hello, o que significa que tanto a face como as impressões digitais podem agora ser usadas como palavra passe.

Esta nova autenticação funciona apenas no Edge e nos principais serviços da Microsoft. A segurança está garantida com a necessidade de ter um elemento físico do utilizador, tanto pelo dispositivo FIDO2 como pela cara ou impressão digital.

Quem tiver já uma pen Yubico, ou similar, ou um portátil com suporte para Windows Hello, pode usar já esta novidade. Basta aceder à página de configurações da conta Microsoft, com o Edge, e configurar esta nova autenticação.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Apesar do prejuízo, a Snap apresenta novos óculos de realidade aumentada

Apesar do prejuízo, a Snap apresenta novos óculos de realidade aumentada

A empresa-irmã da Snapchat, a Snap volta a apostar numa nova geração de óculos de realidade aumentada, mas decidiu baixar as expetativas. É que na primeira versão foram produzidas quase 800 mil unidades e as vendas ficaram muito aquém do esperado. Assim, o novo modelo conta apenas com 24 mil dispositivos e terá um custo de 350 dólares e lançamento até ao final do ano, segundo avança a Cheddar. Esta novo modelo é mais caro, tendo em conta as versões anteriores que variavam entre os 130 e 200 dólares.

A proposta de design da Snap mantém-se, ou seja, tratam-se de uns óculos de sol, o mais próximo possível do “normal”, mas com duas câmaras alocadas em cada extremidade das lentes, junto à dobradiça das suas hastes de alumínio, apostando num produto mais premium. O objetivo é criar efeitos 3D, semelhante às que estão disponíveis nas câmaras fotográficas, para sobrepor aos vídeos capturados pelo sistema.

Apesar dos modelos anteriores não terem correspondido ao “hype” criado e vendido como a empresa esperaria, resultando num stock de quase 40 milhões de dólares de material na “prateleira”, a Snap ainda tem esperança no papel da tecnologia no seu futuro. O CEO da empresa, Evan Spiegel, antevê um futuro onde as pessoas vão utilizar a tecnologia wearable nos óculos, capaz de projetar e misturar objetos virtuais no mundo real.

Ainda que o investimento não tenha sido recompensado até à data, a Snap tem um ambicioso plano para continuar a introduzir novas versões dos óculos nos próximos anos, mesmo mantendo o prejuízo, projetando o seu break-even para 2020.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir: