0
  Login
Empresas britânicas ponderam colocar microchips nos funcionários

Empresas britânicas ponderam colocar microchips nos funcionários

A Biohax, da Suécia, revela estar em negociações com várias empresas britânicas para implantar microchips nos funcionários. Os sindicatos e outras organizações mostram-se preocupados com o controlo que os patrões poderão exercer desta forma.

CBI, que representa 190 mil empresas do Reino Unido, e o Trades Union Congress, o sindicato nacional central, revelam-se preocupados com a procura que algumas empresas estão a fazer por soluções de microchips para os funcionários. «Embora a tecnologia esteja a mudar a forma como trabalhamos, isto deixa espaço para algumas leituras desconfortáveis. As empresas deviam concentrar-se em prioridades mais imediatas e focar-se em envolver os funcionários», afirma a CBI. Por outro lado, o TUC explica que «soubemos que há funcionários já preocupados com os empregadores usarem a tecnologia para controlar e microgerir o trabalho, afastando os direitos do staff à privacidade», cita o The Guardian.

Estas preocupações surgem num momento em que se noticia que a BioTeq já colocou 150 implantes em funcionários e a sueca Biohax está a negociar com várias empresas financeiras e jurídicas a possibilidade de se colocar microchips nos trabalhadores. Estes implantes, do tamanho de um bago de arroz, podem ser colocados nos dedos e permitem, por exemplo, abrir e fechar portas, aceder a computadores bloqueados ou armazenar dados médicos.

A BioTeq revela que a maioria dos 150 implantes foi colocada a pedido individual, embora algumas empresas de engenharia e do mundo das finanças também já tenham colocado estes chips em alguns funcionários. Há um banco a testar a tecnologia e os microchips, que custam entre 70 e 260 libras por pessoa, já foram enviados para interessados em Espanha, França, Alemanha, Japão e China.

Do lado da Biohax, a aposta passa por usar estes microchips para melhorar a segurança e garantir que só pessoal autorizado tem acesso a documentos com informação sensível. Estes chips custam 150 libras e sabe-se que há uma empresa do setor financeiro com milhares de funcionários interessada em usar a tecnologia. Das Big Four da contabilidade, a Deloitte recusou comentar, enquanto a KPMG, a PwC e a Ernst and Young afirmaram não estar interessadas.

A Biohax vai abrir um escritório em Londres e afirma já ter colocado mais de quatro mil microchips, a maioria na Suécia.

 

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir:
Xbox One a postos para receber suporte para teclado e mouse a 14 de novembro

Xbox One a postos para receber suporte para teclado e mouse a 14 de novembro

Vai ser possível utilizar ambos os periféricos como controladores num conjunto limitado de jogos, mas os criadores vão poder começar a programar títulos para funcionarem com estes acessórios.

A partir do dia 14 de novembro, poderá ligar mouse e teclado à sua Xbox One. A consola vai passar a ter suporte para ambos os acessórios, mas isto não significa que ambos os periféricos vão funcionar como controladores em todos os jogos. Inicialmente vai haver apenas um leque de títulos compatíveis e a novidade vai ser mais substancial para os criadores de conteúdos, que poderão começar a programar os seus jogos para funcionar com teclado e mouse. Na prática, isto significa que, com o tempo, passarão a haver mais jogos que poderá jogar com estes acessórios.

A Epic já confirmou que Fortnite poderá ser jogado com teclado e mouse, mas os jogadores que estiverem a disfrutar do jogo com estes controladores, só poderão encontrar adversários com o mesmo tipo de equipamento.

Ainda em Novembro, Vermintide 2, War Thunder, Strange Brigade, Bomber Crew, Deep Rock Galactic, DayZ e outros jogos vão adicionar suporte para teclado e mouse.

Quase todos os teclados serão compatíveis com a consola, mas a Microsoft vai lançar um programa de estímulo ao desenvolvimento de teclados que tenham a consola como foco. A Razer vai ser uma das primeiras empresas a apresentar um teclado e um mouse deste gênero. Os gadgets vão ser revelados em janeiro, na CES Las Vegas.

ecocarwashing

Seja Um Revendedor Ecocarwashing

   

curtir: