0
  Login
Hospedagem de Sites 7 Dias Grátis

Hospedagem de Sites 7 Dias Grátis

Á  Thecnosystem esta disponibilizando a seus novos clientes hospedagem de Sites 7 Dias Grátis, na hora da assinatura só utilizar no cupom 7DIASGRATIS   e testar todos serviços de hospedagem, em qualquer plano.

7 dias grátis

Esperamos você , hospedagem estável, servidores rápidos todos recursos do CPanel em Português.

Geral

  •  Caixas de E-mail e Tráfego Mensal Ilimitados
  •  Painel de Controle em Português e Fácil de Usar
  •  Subdomínios, Contas FTP e Contas de Email Ilimitadas
  •  Garantia de uptime de 99,9%

 

Grátis

  •  Ferramenta de Construção de Sites Gratuita
  •  Mais de 190 templates Disponíveis
  •  Transferência de Website, Transferência de Domínio, Transferência de Banco de Dados MySQL, Transferência de Scripts Gratuita
  •  mais de 430 scripts que podem ser instalados em alguns cliques

 

Domínio

  •  Domínio Próprio (www.seunegocio.com)
  •  Domínios Apontados / Estacionados Ilimitados
  •  Redirecionamento de Domínios Ilimitados
  •  Sub-domínios Ilimitados (nome.seunegocio.com)
  •  Acesso com ou sem “www”

 

E-Mail

  •  Número Ilimitado de Contas de Email POP3 com SMTP
  •  Acesso a WebMail com Horde e RoundCube
  •  Recebimento de email via POP3 e em seu smartphone via IMAP
  •  Proteção anti-SPAM com o SpamAssassin
  •  Número Ilimitado de Autoresponders, Redirecionamentos de Email, Email Aliases, Listas de Email
  •  Redirecionamento de E-mail Ilimitado
  •  Resposta Automática e E-mail Pega-Tudo
  •  AntiSpam & AntiVírus
  •  Filtro de E-mail e BoxTrapper
  •  Gerenciador de Entrada MX
  •  Autenticação de E-mail SPF e DKIM

 

Banco de Dados

  •  Número Ilimitado de Bancos de Dados MySQL com Acesso ao phpMyAdmin
  •  Acesso Remoto configurável ao MySQL
  •  Banco de Dados PostgreSQL com Acesso ao gerenciador phpPgAdmin

 

Programação

  •  Linguagens de Programação: CGI, PHP 5, Ruby on Rails, Perl, Python, SSI
  •  Módulos de Programação: Curl, CPAN, Biblioteca GD, ImageMagick
  •  Instalador de Módulos PHP (Pear)
  •  Instalador de Módulos Perl
  •  Gerenciamento de Sistema: Acesso SSH e Agendamento de Tarefas Cron

 

Estatísticas

  •  Logaholic, Webalizer e Awstats
  •  Dados dos Últimos Visitantes
  •  Relatório de Tráfego Mensal
  •  Registro de Erros

 

FTP

  •  Contas FTP Adicionais
  •  Atualização ilimitada via FTP
  •  Gerenciador de Arquivos Online
  •  Dreamweaver FTP
  •  Gerenciador de Espaço em Disco
  •  Gerenciador de Sessões FTP
  •  Acesso SSH em todos os planos

 

Suporte

  •  Chat ao Vivo
  •  Sistema de Tickets Online
  •  Telefone e E-Mail
  •  Rotina Automática Diária de Backups
  •  24/7/365 Monitoramento dos Servidores

 

Aplicações

  •  Instalação instantânea de mais de 430 scripts de código aberto com apenas um clique!
  •  Hospede seu WordPress, Joomla, Drupal, Magento e outras aplicações

 

Avançado

  •  Página de Erro Customizável
  •  Scripts Pré-configurados
  •  Agendador de Tarefas (Cron Jobs)
  •  Gerenciador de Index
  •  Gerenciador de Imagens
  •  Gerenciador de Tipos de Arquivos Mime
  •  Gerenciador de DNS
  •  Manipulador do Apache

 

Segurança

  •  Bloqueio de IP
  •  Proteção de Link
  •  Proteção de Diretórios com Senha
  •  Proteção Anti-Leech
  •  Sistema de Firewall
  •  Monitoramento 24 Horas
  •  Backup Diário
  •  Restores de Backup Ilimitados

 

curtir:
A tecnologia e o nosso percurso pela cidade

A tecnologia e o nosso percurso pela cidade

Nossas preferências por livros, filmes, séries, comida e até amigos são facilmente disponibilizados pelas já não tão novas tecnologias. A Amazon nos diz o que ler, o Facebook com quem falar, o Netflix o que assistir, o iFood o que comer, o Tinder, bom… deixa o Tinder pra lá…

Esse aparente conforto – afinal agora temos uma enorme quantidade de opções na ponta dos dedos – traz embarcadas duas questões:

1) Será que só devemos nos relacionar com quem pensa da mesma forma que a gente, ou dentro de padrões de comportamento pré-definidos, ainda que por nós mesmos?

2) Será que estamos consumindo apenas conteúdo e informações que tenham sintonia com nossos pontos de vista?

A impressão crescente é que tudo se tornará “personalizado” em um futuro próximo. Não devido às nossas próprias escolhas, mas a compreensão “artificial” (a.i ) das nossas escolhas.

As aspas nunca significaram tanto: personalizado X artificial, embora ambos, no limite, sejam artificiais. Ao que parece perderemos um pouco a nossa capacidade de escolha, imersos em um perímetro cada vez mais estreito daqueles que se comportam como nós.  Numa perspectiva Naisbittiana, o mundo será cada vez mais touch, à medida que for mais tech. De tech não entendo muito, me interessa o touch.

Discutindo exatamente sobre esse assunto e como me incomodava a ideia de não controlar o espectro das minhas interações imaginei um cenário um tanto assustador. E se esse mesmo efeito/fenômeno guiasse nossas ações na cidade em que vivemos ou naquela que estamos visitando? Na verdade ele já nos guia de alguma forma. Aplicativos como o Waze nos dizem por onde dirigir e Maps da vida nos dizem por onde andar, aparentemente visando a facilidade e a otimização do percurso.

Pensar na otimização dos percursos é pensar que nos movemos pela cidade como mero cenário, como uma espécie de obstáculo que nos separa de onde queremos chegar. 

Impossível não comparar esse aspecto extremamente racional com conceitos mais orgânicos como a psicogeografia ou a teoria da deriva, ou de forma ainda mais ampla com o flâneur Benjaminiano (Baudelariano, na verdade, embora tenha sido imortalizado por Walter Benjamin).

O mais curioso é que provavelmente o antídoto para o racionalismo dos algoritmos, que tratam a cidade, como uma espécie de máquina de viver, no melhor estilo da Carta de Atenas (manifesto-guia da arquitetura e urbanismo modernistas criado em 1933, que gerou, entre outras distorções a cidade de Brasília) também se encontre no modernismo, de Baudelaire, Allan Poe e do próprio Benjamin.

O termo psicogeografia foi definido por Guy Debord, ainda nos anos 50 e está ligado ao comportamento lúdico- construtivo que se opõe às noções clássicas de viagem e passeio (Debord, 1958).

Uma ou várias pessoas que se lançam à deriva renunciam, durante um tempo mais ou menos longo, os motivos para deslocar-se ou atuar normalmente em suas relações, trabalhos e  entretenimentos próprios de si, para deixar-se levar pelas solicitações do terreno e os encontros que a ele corresponde.”

Claro que existem necessidades diferentes para momentos diferentes, nem sempre você quer “experimentar” o caminho. Às vezes a eficiência é o seu objetivo, ou como chegar mais rápido do ponto A ao ponto B e nem sempre, você terá o espírito observador, descobridor. O flâneur por sua vez é o errante, o observador, e o flanar, a “Gastronomia do Olho” como disse Balzac.

A multidão é seu universo, como o ar é o dos pássaros, como a água, o dos peixes. Sua paixão e profissão é desposar a multidão. Para o perfeito flâneur, para o observador apaixonado, é um imenso júbilo fixar residência no numeroso, no ondulante, no movimento, no fugido e no infinito. Estar fora de casa, e contudo, sentir-se em casa onde quer que se encontre; ver o mundo, estar no centro do mundo e permanecer oculto ao mundo, eis alguns dos pequenos prazeres desses espíritos independentes, apaixonados, imparciais que a linguagem não pode definir senão toscamente.” – Baudelaire, 1863

É importante compreendermos que a experiência na cidade vai, ou poderia ir, muito além do pragmático, do racional e do otimizado. É claro que para isso é preciso que a cidade também ajude. Já foi dito que uma cidade vibrante deve oferecer uma surpresa a todo o instante durante o percurso, o que nos aponta para a necessidade de uso misto, fachada ativa, lotes menores, vida em comunidade, com mais oportunidades de interação e descoberta.

Sobre a humanização dos espaços, o arquiteto Martín Marcos, referencia Jane Jacobs ao dizer que se quisermos cidades projetadas para o futuro, devemos voltar a olhar o espaço público como o coração da vida moderna, “repensar a rua, a praça, o parque, a arborização e a paisagem urbana, aquela que nos permita humanizar o espaço público e experimentar o encontro, o intercâmbio e a diferença.”

Para Jane Jacobs a rua é uma autêntica e complexa instituição social onde aprendemos a socializar e construir comunidade. Um projeto que foi inspirado nela, é o Jane Walk´s em que caminhadas são organizadas de forma colaborativa, por qualquer pessoa interessada em guiar o passeio. Esse projeto começou no Canadá em 2007, e desde então acontece em várias cidades ao redor do mundo. (Crédito: Fred W. McDarrah/Getty Images)

O andar pela cidade pode ser um exercício estético, poético, literário, meditativo. Nesse sentido, é preciso se desconectar, ainda que por alguns instantes da tecnologia, do tech, e se reconectar ao entorno, ao touch, para então seguirmos adiante.

curtir:
Procurados: Binance Promete US$ 10 Milhões por Informações de Hackers

Procurados: Binance Promete US$ 10 Milhões por Informações de Hackers

Após o ataque à exchange Binance ocorrido na última quarta-feira (07), quando hackers investiram numa ação de pishing, a corretora anunciou em sua conta no Medium que pagará recompensas para quem ajudar na identificação dos criminosos. A pagará US$ 250 mil por informação que leve os culpados à prisão. No total, o orçamento para a ‘caça’ é de US$ 10 milhões.

Na semana passada hackers coletaram informações de usuários da Binance através de phishing (que rouba dados) e sites parecidos com o da corretora induziu seus clientes ao erro. Enquanto os usuários acessavam suas contas, fraudadores coletavam os dados.

Com as informações em mãos, os intrusos criavam um API (código que interliga um serviço a outro na Web) de trading e os dirigiam para compra de preço de mercado no par Viacoin/Bitcoin enquanto outras contas vendiam a Viacoin com preço bem alto.

Nesse período de tempo a alta foi de 1000%. O plano dos malfeitores era vender ‘no topo’ e rapidamente retirar dinheiro em bitcoin antes que o golpe fosse interrompido. No domingo (11), a corretora anunciou que está oferecendo US$ 250 mil em BNB (Binance Coin) para quem fornecer informações que os leve à prisão.

Proteção, combate e provas

A postura tomada pela Binance sugere que hackers fiquem longe da exchange, pois pelos valores de recompensas indiscutivelmente atrativos é bem possível que, caso ocorra crime novamente, também haja bastante mobilização de ‘investigadores’ para embolsar uma boa grana.

Porém, mesmo que as identidades dos criminosos venham a ser descobertas, as chances de prisão são difíceis, pois as autoridades certamente exigirão provas convincentes de que alguém foi lesado, o que não aconteceu nesse caso, visto que o golpe foi interrompido e os hackers acabaram perdendo seus ‘investimentos’.

A Binance informou que além da motivação ao público para ajudar no trabalho de investigação, ela também pediu o apoio de outras corretoras do segmento nessa causa.

curtir:
PT admite possibilidade de prisão de Lula antes da Páscoa

PT admite possibilidade de prisão de Lula antes da Páscoa

Lula foi condenado a mais de 12 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

A cúpula do PT já admite que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser preso antes da Páscoa, que será celebrada em 1º de abril, e por isso decidiu intensificar a campanha para cobrar a reação dos militantes nas ruas.

Ao abrir na tarde de segunda-feira (12) um seminário sobre segurança pública, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), disse que o partido vai com Lula “até as últimas consequências” e não aceitará de braços cruzados a prisão. “Se eles querem trucar, saber se nós vamos pagar, nós vamos pagar para ver”, afirmou. “Nós não vamos aceitar mansamente a prisão do Lula.”

Logo em seguida, porém, a presidente do PT destacou que não estava pregando ofensiva violenta. Em janeiro, a senadora chegou a dizer que, para prender Lula, seria preciso “matar gente”. “Antes que me questionem, não estou falando aqui que vai ter revolução. Mas a militância do nosso partido e os movimentos que sempre lutaram ao nosso lado não vão aceitar isso pacificamente.”

Gleisi criticou o que definiu como “inércia” do STF (Supremo Tribunal Federal) ao não analisar a legalidade de prisões em casos de condenação pela segunda instância antes de esgotados todos os recursos judiciais. “O que estão fazendo com Lula é uma coisa sem precedentes na história deste País e fere frontalmente a Constituição. Agora caminha-se para ela ser rasgada outra vez pela inércia do Supremo de não decidir uma coisa que é vital para a sociedade, e não só para Lula”, atacou.

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) deve julgar o recurso impetrado pela defesa de Lula entre os dias 26 e 28 deste mês. O PT não tem qualquer expectativa de reverter nessa Corte a sentença que condenou Lula a 12 anos e um mês de prisão no caso do triplex em Guarujá (SP). Diante desse cenário, a defesa do ex-presidente pede que o Supremo julgue com urgência ações que tramitam na Corte, sob o argumento do princípio constitucional da presunção de inocência.

“Às vezes ouço dizerem que estamos pressionando o Supremo pelo julgamento. Não é pressão, mas o direito do presidente Lula ter resposta. Isso vale para qualquer cidadão. Esperamos que o Supremo faça isso para que possamos atravessar esse ano de 2018 com alguma normalidade democrática”, disse o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, coordenador do programa de governo de Lula e apontado como “plano B” do partido.

A estratégia do PT ainda é a de registrar a candidatura de Lula à Presidência em 15 de agosto, último dia do prazo fixado pela Lei Eleitoral, mesmo que ele esteja preso. Nesse caso, a sigla baterá na tecla de que o ex-presidente é um preso político.

Ciro

O ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência pelo PDT, disse na segunda, em São Paulo, que não vê o ex-presidente Lula na disputa presidencial e, com isso, cresce a sua responsabilidade de representar o setor que ficará “deserdado”, segundo ele, com a ausência do petista. “Lamento profundamente, mas constato apenas por constatar que é muito improvável a presença de Lula no processo. Portanto, cresce muito a minha responsabilidade de interpretar esse arco deserdado por uma fatalidade”, afirmou.

curtir: