0
  Login
5 Passos para uma Estratégia Digital de sucesso

5 Passos para uma Estratégia Digital de sucesso

Uma estratégia digital completa e coesa é sem dúvida uma etapa fundamental para que consiga ser bem-sucedido online. Devemos salientar, no entanto, que ações isoladas de nada servem se não forem pensadas de forma integrada e orientadas para um objetivo específico. Leia este artigo até ao fim e descubra como implementar a sua própria estratégia digital de sucesso.

Independentemente da área de negócio a que você ou a sua empresa se dedicam, existem traços transversais a todos os projetos de sucesso. Embora o nicho de mercado possa ser diferente, o importante é apostar numa boa estratégia digital. O truque está em cativar o público, ajudá-lo de alguma forma e tornar-se seu amigo. Aposte em relações a longo prazo e transforme a venda num objetivo secundário.

A sua maior prioridade deve ser aumentar o relacionamento e estreitar a proximidade com a sua audiência de forma a que, quando chegar a hora de comprar, ela se lembre de si e se transforme em clientes efetivos. Assim, o objetivo primário dará frutos e ajudará a concretizar o secundário: a venda dos seus produtos ou serviços.

Para o ajudar, definimos neste artigo 5 passos ou linhas orientadoras em que deve pensar na hora de lançar o seu site. Dê o passo em frente e aposte numa estratégia digital vencedora. Aprofunde o conhecimento que tem do seu público-alvo e descubra quais as suas dores e desejos. O truque está em tangibilizar o pensamento da audiência e utilizá-lo a seu favor.

Como atrair clientes?

Não há nada mais frustrante do que ter um bom produto ou serviço e, ainda assim, não chegar a lugar nenhum porque não estamos a conseguir promovê-lo corretamente. Se já investiu mais do que devia e podia em publicidade e não obteve quaisquer resultados, pois saiba que poderá estar a apostar erradamente.

A verdade é que com a massificação dos meios de comunicação e a difusão da publicidade pelas ruas, televisões, rádios e Internet, as pessoas acabaram por criar uma certa resistência aos anúncios que vêem. Captar a atençãoé cada vez mais difícil, e mais ainda se nos apresentarmos como vendedores que ao longo dos anos foram percecionados como pessoas que querem vender a todo o custo.

A melhor estratégia digital a adotar passa pela transformação dos nossos sites ou blogs em canais de informação, onde divulgamos posts de conteúdo, direcionados para as dores dos nossos clientes e que falem sobre assuntos que digam respeito ao nosso nicho de mercado. O foco dos textos não deverá ser o produto ou serviço em si, mas sim a dor que pode ser solucionada através daquilo que temos para oferecer.

A importância das conversões

Uma conversão não é mais do que a concretização de um objetivo, seja ele a venda de um produto ou a realização de uma isca digital. Pensar quais serão as conversões definidas para o nosso negócio é uma parte importante. Considere, por exemplo, criar um ebook que lhe permita captar os e-mails dos seus clientes e que, no futuro utilizará para aplicar uma estratégia digital  de e-mail marketing.

A contabilização das conversões é um passo importante para perceber se a sua estratégia digital está ou não a surtir efeitos. Só assim  é que poderá perceber se todo o trabalho que tem feito ao longo do tempo está a ser capaz de atrair o público que deseja.

Criar laços com os seus clientes

Todos sabem que as redes sociais são uma parte extremamente importante de qualquer projeto que queira ser um caso de sucesso. Mas porquê? A resposta está na interatividade e no carácter informal que permite a qualquer um fazer um comentário ou deixar um review na página da empresa.

Mas esta não é a única forma de se relacionar com os seus clientes. Abra por exemplo, um espaço de comentários no seu blog e incentive a discussão com intervenções próprias. Utilize também ferramentas de e-mail marketing – como o Aweber – para manter uma relação de proximidade com os seus clientes.

Como vender mais?

A venda não é o fim de um ciclo mas sim uma parte do mesmo, tão importante como qualquer outra. Coloque-se no lugar do seu cliente e pense em todos os requisitos que alguma empresa tem que ter para escolher comprar algo a ela e não a qualquer outra.

De destacar que na maioria dos casos a qualidade do produto pode até ser considerado como um fator secundário: compramos porque nos identificamos com a marca, sabemos que é uma referência ou  porque ela nos ajudou a resolver um determinado problema.

Depois de efetuar a venda, lembre-se que é extremamente importante manter o contacto com o seu cliente para que este volte a usufruir dos serviços da sua empresa. Relações de proximidade que persistem ao longo do tempo são sem dúvida a chave para o sucesso.

Análise de resultados: o que é que está a falhar?

Marketing Digital não é uma área  abstrata, pelo contrário assenta os seus princípios em ações estratégias fundamentadas por números e tendências de comportamento. Hoje em dia são várias as ferramentas da Internet que nos permitem perceber com exatidão quais os resultados conseguidos com cada decisão.

Utilize o Google Analytics para perceber qual o desempenho do seu site, o Webmasters para perceber como o Google esta a rastrear as suas páginas e faça a monotorização das redes sociais, através de ferramentas como o Facebook Insights, por exemplo. No que diz respeito à ferramenta de E-Mail Marketing, poderá por exemplo, utilizar o Aweber para verificar taxas de abertura e verificar qual o retorno financeiro que cada e-mail lhe trouxe.

Lembre-se que a estratégia digital  não é um projeto fechado com um início e um fim temporalmente definidos. Pelo contrário, é um ciclo que se repete  e que se vai afinando à medida que o tempo passa de forma conseguirmos sempre os melhores resultados possíveis.

Cadastre se e receba sempre novidades sobre os melhores plugins para WP

cadastre

Theme forest
curtir:
CMS: para que serve?

CMS: para que serve?

Quando falamos de construção de websites, há um ingrediente que não pode ficar de fora. A facilidade com que transformam tarefas complexas em ações simples faz com que os CMS’s se tenham tornado muito populares. Hoje já não são só os blogger que os utilizam e há até inúmeras empresas a apostar nesta forma simples de gerir conteúdos.

Mas, antes de avançarmos, afinal o que é um CMS? O Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (Content Management System – CMS) é um aplicativo que, depois de instalado, lhe fornece a plataforma para que possa gerir e publicar as páginas do seu website, os posts do seu blog ou os produtos da sua loja online.

Qual a vantagem? Como já referimos, a facilidade: para publicar conteúdos tem ao seu dispor um interface intuitivo, equipado com um conjunto de aplicativos que o ajudam a executar tarefas específicas. Não tem de lidar diretamente com códigos complicados: basta inserir os conteúdos e clicar nos botões certos para fazer negritos, hiperligações, inserir imagens, entre outros.

As funcionalidades dos sistemas de CMS vão além da gestão de conteúdos: é aqui que pode alterar a aparência do seu website recorrendo a templates gratuitos ou personalizados que pode comprar a preços acessíveis. Se o template não tiver todas as funções de que necessita, pode sempre recorrer a uma série de plugins, extensões que acrescentam novas capacidades ao seu website.

Qual o melhor CMS?

Inicialmente ligados ao fenómeno da blogosfera, os CMS’s evoluíram e agora servem como estrutura para milhões de websites espalhados por todo o mundo. O segredo por detrás do sucesso está nos resultados profissionais e na diversidade de recursos que podem ser facilmente utilizados por qualquer um.

Para tirar partido de todas as potencialidades do CMS para a sua empresa ou website pessoal, o melhor será apostar em alojamento especializado já otimizado para os Sistemas de Gestão de Conteúdo.

Embora existam vários CMS’s no mercado, destacam-se dois. Na altura de escolher, a dúvida é: WordPress ou Joomla? Para o ajudar a tomar a decisão, apresentamos-lhe abaixo as principais características de cada um.

WordPress

O WordPress é uma das ferramentas de gestão de conteúdos mais usada em todo o mundo. Se deseja dar uma aparência profissional ao seu website ou blog, pode encontrar no WordPress todos os recursos para que isso aconteça. Especialmente maneável e simples de usar, o WordPress foi criado a partir do sistema b2/cafelog que hoje já não existe.

Nos últimos anos, há cada vez mais internautas a confiar nos serviços deste sistema devido à interface simples, às suas características para a gestão de conteúdos e ao seu tipo de licença de código aberto. A codificação e estrutura do WordPress é lida facilmente pelos motores de busca, sendo por isso a escolha ideal para quem tenciona investir em Marketing Digital.

A solução é também indicada para sites de pequena e media dimensão que pretendam conjugar vários recursos. A diversidade de plugins e templates permite expandir as funcionalidades do site que é capaz de albergar inúmeras potencialidades.

Joomla

Joomla é um sistema de gestão de conteúdo muito flexível que permite a separação entre design, programação e conteúdo. Desta forma, pode gerir qualquer elemento do website sem afetar diretamente um dos outros websites. Este sistema permite a criação de lojas virtuais, blogs, revistas online, portais de conteúdo, jornais, catálogos de produtos, entre outros.

Essa plataforma é feita na linguagem PHP e gerida diariamente por uma ampla comunidade de Webmasters, o que faz com que a evolução nunca pare. Sem grandes complicações, pode instalar componentes na interface com o intuito de facilitar o seu trabalho, nomeadamente plugins e widgets.

Posto isto, podemos dizer que o Joomla oferece a organização estrutural de código que todos os programadores desejam. Para facilitar o processo de instalação e configuração do CMS, visite o JoomlaShine e encontre vários templates e extensões.

Cadastre se e receba sempre novidades sobre os melhores plugins para WP

cadastre

Theme forest
curtir:
TOP 10 templates de e-commerce WP

TOP 10 templates de e-commerce WP

TOP 10 templates de e-commerce WP

Kallyas

Em apenas um ano e meio , este template de e-commerce já foi descarregado por quase 12 500 pessoas. Os números comprovam o sucesso deste que é um dos templates de WordPress mais completos e fáceis de utilizar. O segredo está, sobretudo, na versatilidade que faz com que possa ser usado em vários nichos de mercado – desde lojas de roupa a venda de automóveis de luxo.

kalias

MayaShop

MayaShop é o template indicado para lojas de roupa ou de artigos de beleza, por exemplo. Se escolher esta opção, terá garantias de que conseguirá um site bem organizadoclean e elegante. O elevado nível de customização faz com a sua utilização se torne extremamente simples para o mais leigo dos utilizadores da Internet.

Flat Responsive

Está preocupado que o seu site desformate se for visto num tablet ou smartphone? Pois, o Flat Responsive é a solução indicada. Fácil de instalar, este tema de WordPress aposta na imagem e esforça-se para garantir que cada utilizador terá uma experiência de navegação única no seu site ou loja online.

Bazar Shop

Organizar grandes quantidades de produtos que, por vezes, nada têm que ver com uns com os outros é uma tarefa, no mínimo, complicada. Opte pelo Bazar Shop e encontre um vasto leque de soluções para a criação de catálogos.

The Retailer

Mais do que um template de ecommerce, o The Retailer é um tema multifuncional, indicado para empresas com várias necessidades. Os modelos de página são versáteis e podem ser facilmente transformados num blog ou numa página institucional. O The Retailer é o template indicado para sites completos com secções com diferentes utilidades.

 

The Neighborhood

Vivemos na era da alta definição. Se procura um site com uma elevada qualidade de imagem,  o The Neigborhood pode muito bem ser a opção a seguir. O tema é retina e permite a criação de páginas clean pintadas com imagens com uma resolução surpreendente. É, por isso, indicado para empresas que  vendem produtos ou serviços que possuem uma forte componente visual.

The Restaurant

Quer criar uma página para o seu restaurant e não sabe como? Pois bem, este é o template indicado. Crie uma relação com os seus clientes e leve-os até à porta do seu estabelecimento. Mostre-lhes o seu menu e surpreenda-o com imagens de deixar água na boca. O The Restaurant integra, ainda, uma loja online que pode ser utilizada para criar o seu próprio sistema de Take Away, por exemplo.

Flashlight

O Flashlight é um site onde a imagem fala por si. Com várias opções de sliders, poderá criar as suas próprias galerias personalizadas. As fotografias adaptam-se ao background e o template é indicado para empresas onde a imagem é muito importante – como agências de viagens, por exemplo. A zona de e-commerce é complementar, assim como o blog, e ocupam uma parte secundária do tema. Poderá inverter esta situação, customizando o template.

flashlight

Mazine WordPress

Fácil, rápido e eficaz. São estas as características deste template altamente simples e com excelentes resultados. Permitindo a instalação de vários plugins, possui um design elegante ideal para lojas de roupa ou produtos da área da moda por exemplo.

Blanco

Blanco é um template de ecommerce onde basta a intuição para obter resultados. Indicado para aqueles que procuraram criar um site rápido e sem esforço, permite com apenas alguns cliques escolher as cores e os modelos de página a utilizar. Indicado para quem quer um criar um site profissional  de forma fácil e rápida.

blanco

 

 

 

 

 

 

 

Cadastre se e receba sempre novidades sobre os melhores plugins para WP

cadastre

Theme forest
curtir:
10 Motivos para usar WordPress

10 Motivos para usar WordPress

10 Motivos para usar WordPress

1 – É um plataforma de sites grátis

Se depois de ler todos os argumentos que em seguida lhe damos, e ainda não estiver convencido, lembre-se de voltar ao início da lista. Porquê?  Porque o WordPress é completamente grátis. Basta fazer uma conta para que possa começar a explorar a plataforma.

Se depois se decidir que realmente a quer utilizar, existem opções e recursos pagos, mas uma primeira fase não terá sequer de os comprar. A plataforma é open-source, o que significa que que o código pode ser facilmente alterado ou melhorado para corresponder a todas as necessidades.

Por se grátis, o WordPress é também uma excelente opção para todos aqueles que estão prestes a lançar uma pequena empresa, aqueles que não sabem como criar blog ou os que procuram obter um rendimento extraao fim do mês.

2 – Instalação fácil

Ao contrário de outros Sistemas de Gestão de Conteúdo, o WordPress fica pronto a usar mal é instalado. Se não percebe muito de Internet ou se tem medo de configurações demasiado complicadas, esteja descansado.

Embora haja sempre a possibilidade para alterar ou melhorar qualquer definição, a verdade é que as configurações básicas que vêm de raíz são mais do que suficientes para que consiga um site funcional, pronto a ser utilizado.

3 – Versatilidade

O ponto já foi tocado, mas merece uma atenção especial. Há muito que usar WordPress deixou de ser algo quase exclusivo dos bloggers. O código open-source, a possibilidade instalar plugins e templates, assim como a larga margem para dar azo à criatividade fazem com que esta plataforma seja surpreendentemente versátil.

A afirmação é suportada pelo facto de, nos dias que correm, muitos dos websites que consulta serem feitos a partir desta ferramenta sem que sequer o desconfie.  Ora veja, por exemplo, o website do Observador, um ciberjornal português. Diria que é WordPress?

4 – Otimização do Motor de Busca

O Google gosta do WordPress. Quem o diz não somos nós, mas Matt Cutts, o especialista em Search Engine Optimization (SEO) da Google, que durante uma conferência em São Francisco, afirmou que a plataforma é uma excelente escolha para todos aqueles que querem criar um site.

Mas, porquê? Porque, por si, só Framework do WordPress é facilmente rastreável pelo Googlebot. Além disso, a ferramenta resolve logo à partida uma série de problemas de SEO, servindo como uma excelente base mesmo para aqueles que não possuem quaisquer conhecimentos das técnicas de otimização dos motores de busca.

5 – Customização

Tirando a versão básica e não trabalhada, os websites WordPress raramente são iguais. Isto deve-se essencialmente ao alto nível de customização permitido pela plataforma e pelo trilião de ferramentas disponíveis para editar o aspeto. O melhor de tudo é que para isso não são sequer necessários conhecimentos de programação ou design.

6 – WordPress é seguro

A segurança na Internet é uma questão que preocupa grande parte dos proprietários de websites. Sendo o CMS mais popular do mundo, é natural que o WordPress seja um dos alvos favoritos dos hackers.

Como tal, são recomendados alguns cuidados, nomeadamente no que diz respeito ao download de templates plugins . Antes de descarregar o que quer que seja, verifique-se de que o site é fidedigno.

Cuidados à parte, há um fator que faz do Worpress uma ferramenta extremamente segura: as atualizaçõesconstantes. Mas como a atualizar Worpress? É preciso fazer alguma coisa? Não: é tudo automático. Tudo isto vem reforçar a ideia de que usar WordPress é extremamente simples, fácil e sobretudo seguro.

7 – Interface simples e intuitivo

Há pouco mostramos-lhe um jornal que utiliza a plataforma WordPress. A escolha foi provavelmente motivada pela facilidade com que qualquer um pode criar categoriaseditar menuinserir tags. Não falamos apenas do administrador, mas também de todos aqueles que, apesar de não possuírem grandes conhecimentos de programação, podem utilizar o WordPress para inserir conteúdos ou editá-los.

O interface é intuitivo, user-friendly e basta um pequeno período exploratório para que qualquer um o comece a utilizar com grande destreza.

8 – Suporte

suporte técnico é essencial para todos aqueles que querem começar uma empresa. O bom desempenho do site permite uma implementação continua do projeto, cujas exigências podem variar entre um simples blog a um site com funções específicas.

Além da ajuda fornecida pelo próprio WordPress, a plataforma cresceu de tal forma até existem comunidadesinteiras e empresas dedicadas ao desenvolvimento de serviços e soluções que poderá implementar.

9 – Multimédia

No processo de construção de um website não há como não ter em consideração o fator multimédia. Toda a gente sabe que uma componente visual apelativa é indispensável para encorajar a interação e fazer com que o internauta se interesse pelo conteúdo.

Uma das grandes vantagens do WordPress está exatamente no facto de retirar partido da multimédia. A interface permite a inserção direta de imagens, é possível incorporar vídeos de outras plataformas – como o YouTube ou o Vimeo – e, se quiser, pode ainda trabalhar o código para inserir infografias dinâmicas, entre outros elementos visuais.

10 – Versão Mobile

As tendências não deixam margem para dúvidas: são cada vez mais as pessoas que utilizam dispositivos móveispara aceder à Internet ou até para fazer compras online. Esta nova realidade trouxe problemas aos sites tradicionais, cujas configurações estavam exclusivamente pensadas para aqueles que usam a Internet no computador.

Com a chegada dos tablets e dos smartphones, os programadores e designers têm que ter o cuidado de conceber o site a pensar em vários suportes. Ajustando-se a esta nova realidade, o WordPress tornou-se responsive e  mobile-friendly, o que significa que está automaticamente preparado para se adequar a diferentes resoluções.

Cadastre se e receba sempre novidades sobre os melhores plugins para WP

cadastre

curtir: